@Carlito Azevedo
"Não quero acusar, não quero nem mesmo acusar os acusadores. Que minha única negação seja desviar o olhar!"
__________________
Porra, Nietzsche!









via

22717










@parisjackson








@kmendoncafilho  2h2 hours ago

Pedro e Sonia, em Madrid agora há pouco. Pedro concorre com JULIETA, Sonia por AQUARIUS. Foto Rodrigo Fonseca.








@oficialchicobuarque


@thehughjackman





Caderno de sonhos  Ciceroneando Hugh Jackman, lindíssimo, no Brasil. Estamos em um cemitério, e o chão é de areia fofa de praia.

Quando o sonho é bom, o cenário deixa a desejar.

21717



















ah frustração o. diz que bipolar não sabe lidar com frustração realmente cadê o sedex só chega na segunda disse o cara do mercado livre depois de  verificar o rastreamento putzgrilo doze revistas para recortar um sábado e um domingo pra isso mas tudo bem fazer o que paciência azeite joguei todos os meus compromissos para segunda e agora

biog
rafia da an
ne sext
on folh
ead
os de que
ijo
d abbey
sem
celular
é tão bom





anne s











Já contei,  peguei todos os meus diários, rasguei as partes de mimimi, a maioria,  e  também vou-fazer-isso-vou-fazer aquilo ---- factóides. Estou copiando só as partes importantes, mais para registro, em um caderno só. Escrevi isso e esqueci porquê. E o Sr. Carson? Não tenho palavras para exprimir meu amor.


Ah, sim, minha vida era agitadíssima, na hipomania, óbvio, e teve uma vez que estávamos na casa da Cris, na Vieira Souto, descemos para o calçadão, um daqueles bancos, conversando. Então vieram os garçons embecados servindo champanhe. Parecia Downton Abbey. Que tal? Toda hora ia chegando gente pra dar um oi ou conversar um pouco, lembro de um jornalista famoso, um fotógrafo, e artistas de televisão.

Depois fomos na casa de X, vizinho, vendedor de armas. Um pequeno Renoir na entrada. Casa linda. Fomos buscar a mulher dele, pirada como todas nós, debaixo de um monte de cobertas no sofá, Lexotan. Cortinas escuras escondendo a paisagem bárbara. Eu fiquei olhando para a mesa de centro. Linda, enorme, cheia de livros, revistas, jornais. Por fim ela aceitou ir pra praia. Louca de pedra. Muitos de nós mergulhamos no mar, eu fui uma.











O céu tão lindo que parece estar com filtro. Sonhei que todos os meus cartazes estavam amassados e com meu nome escrito com letra de forma. Também não sabia que horas ia buscar meu celular, por causa do sedex. Muito cansativo, terrível. A dúvida exagerada, dramática, continuou quando eu semi--acordei. Onde se escondeu o homem dos meus sonhos?


C. foi buscar o celular de bicicleta. Estou presa em casa aguardando encomenda. No outr











@ledusha_lsp










18717







Pequenos dramas Odeio saber que, na véspera no dia seguinte, meu dia será tomado por compromissos, tipo Ligth. Não consigo dormir direito, antecipando o pesadelo. Saí da cidade na hora do rush. Não entrei na primeira leva do metro, detesto ir esmagada. O que veio depois tinha uma parte cor de rosa, fiquei curiosa, uma garota disse "Deus me livre. Um monte de mulher histérica". Todas as mulheres estavam normal, ou seja, de fone no ouvido e celular.

Chico triste perdi meu celular.
Chico feliz ganhei um celular.


Não curtodia que antecede, mas gosto dos dias punks: documentos para tirar cópia, muitos deles virtuais, o que estressa ainda mais, Light 16 senhas antes de mim (embora o serviço seja rápido), depois gráfica - será que a impressão vai ficar boa? Tensão. Ficaram ótimas. Estou apaixonada pelo Denilson. Prefiro fazer tudo num dia só da semana. Almocei num restaurante a quilo muito bom, acima da média, por 16 reais, incluindo Coca-Cola.

Sonhos desagradáveis desde fevereiro: no desta noite perdi meu celular, um mau estar tremendo este sonho. Quando acordei lembrei que perdi mesmo.












Dali e Monet




17717







@artsxdesign El Salto del Fraile, Lima



Domingo conheci uma garota chamada Vogue, ela trabalha na Timbre. Anda acontecendo uma coisa bastante desagradável: só tenho sonhado coisas horríveis, faz tempo, e quando acordo, antes de levantar da cama, o pesadelo continua, mesmo eu já estando acordada. (Demoro um pouco para levantar). Brilhantes de papel por toda parte, ontem quando fui escovar o dente tinha uma minúscula coroa de estrasse de papel na minha cabeça. Estrasse & estresse. Vi um filhote de beija-flor do tamanho de um dedo indicador médio. Não estou alegre, nem estou triste: estou.


















"[o deprimido] é como se ele vivesse numa perspectiva, numa fresta, onde tudo é visível, a miséria, a feiúra..."
























Sobre ontem à noite. Uber.



- Ainda quero chegar a tempo de ver Game of Thrones.
- Ah, você gosta? Não vejo. Não tenho paciência para histórias fantásticas.
Ele diz que os personagens são pessoas comuns e resume a história. Não presto atenção. A cada silêncio, digo "Sei".
- Só pulo a parte dos homossexuais.
- Por que?
- Não gosto daquilo.
- Você é homofóbico?
- Pode ser. É um direito meu.
- É verdade. Mas você sabe que o Brasil é o país que mais espanca gays. Tenho um amigo que estava andando na rua e foi espancado.

(Mentira. Quando isso ia acontecer, numa boate, M. deu com a ponta da bota no queixo do cara. Agora está mais calmo, prefere maquininha de dar choque)

- Também, eles são provocativos. Andar de mão dadas na rua, qual a necessidade disso?
- Mas o que tem demais?
- Não é certo.
- Gay caricato, que faz rir, não tenho nada contra. Não gosto é dos provocativos.
- Você é contra o casamento gay, por exemplo?
- Claro!
- Mas quem é contra o casamento gay, não deve ir à cerimônia. O que a pessoa não pode é se meter na vida dos outros. Cada um casa com quem quer.
- Mas eu não aceito.
- Mas interfere na tua vida? Te prejudica? Então. Que cada um seja feliz.
- Imagino então que você seja contra gays adotarem uma criança.
- Claro! A criança tem direito de escolher o que vai ser.
- Mas uma criança adotada por gays não significa que ela vai ser gay.
- Vai pelo exemplo.
- E se seu filho fosse gay?
[a velha pergunta:]
- Não vai ser não.
- Suponhamos. Você não ia mais gostar dele?
- Ia gostar menos.
- Ele pode fazer o que quiser quando for maior de idade. Não poderia impedir. Mas ser gay é da porta pra fora.

O motorista é jovem.

- Mas você ia querer encontrá-lo?
- Não.
- Nunca?
- Às vezes. Acho que cada um viveria a sua vida.














GoT. Set.





RIP VIP Martin Landau



Poxa.

15717


@madonna










































#madonna #colagem























~Não me leve a mal Me leve apenas para andar por aí Na lagoa, no cemitério Na areia, no mormaço~




Sábado. Fico olhando pro céu. Uma águia. Uma amendoeira imensa, do tamanho de um edifício de muitos andares. Adoro amendoeiras porque lembram a minha infância. As ruas cobertas de folhas. Íamos para a casa de quem? Outro trajeto: cobertura da tia Oca, em Ipanema. Eu me debruçava metade do corpo. Isso fez com que meu irmão e eu, no futuro, ficássemos com medo de altura. Os dias têm sido tão perfeitos, não me lembro de dias mais agradáveis: a temperatura correta, o sol de inverno. C. diz que precisamos passar uma tarde inteira na praia. Quando desligo, lembro que perdi o biquíni. Faço antiginástica, leio, alongamento. Mas muito pouco de cada. Fico mais olhando para o céu mesmo.






13717

                        BrazzZZZZzzil


Amo sim ou sim?




via






Saí cedo, voltei correndo, saí de novo. Agora estou no bem bom, onze janelas abertas, Philip Roth, etiquetar (melhor parte), arrumar papelada de hoje,  não posso lavar a louça porque a pia está cheia de formiguinhas. Meus sonhos têm sido meia bomba. Cadê os homens que dizem "Estou sentindo ilusão por você"? Ia colocar música, mas prefiro o silêncio. Ontem de noite fiquei horas fazendo colagem, e vendo vídeo no Utube. Gosto de ouvir sobre Nietszche, essas coisas.  E também entrevistas, mesmo repetidas. (...) Desobediência civil. Parará.














As agruras de marina

A advogada disse que custava mais ou menos 3 mil reais o juiz  mandar inspecionar o relógio da Light, pra ver se roubaram energia "de dezembro de 2015 à junho de 2017". Nem acredito que tenho todos os boletos necessários. Depois, indo pra casa, joguei na mega sena. Se eu tivesse 3 mil eu casava e comprava uma bicicleta. Três mil para abrir um relógio de luz? 


Vale, vale tudo
Vale o que quiser
Vale o que vier 


Vou à defensoria pública. Estou de camisa azul bic, calça preta mole, da Zara, e havaianas. As pessoas vestem roupas bem mais simples. Uma delas está sem água a vinte dias, e a Cedae mandou boleto de julho: 250,00. Cedae pior serviço. Mesmo assim ela sorri; eu estaria fuzilando tudo. 


O fato do Lula ser condenado é um terrível atraso para o país. Em alguns bairros queimaram fogos. Um artista plástico legal, do tempo que os blogues abafavam, colocou uma foto no Instagram, sacudindo champanhe caro, às gargalhadas: "Molusco foi preso". Tipo o Rei do camarote. Dei block. 
Os pobres não têm vez no país, ninguém quer saber de mapa da fome, bolsa família, ascensão das classes sociais. Quem  compartilha a ideia do governo atual é perverso. 

Começo a explicar da garota da Defensoria, maravilhosa, maior sorte funcionário simpático, novíssima. No final, eu disse "Obrigada, Obrigada! Que você encontre o amor da sua vida!". Ela levanta os olhos pro céu e suspira: "Amém". Lembrei que era incorreto. "Mas primeiro a vida profissional, que seja ótima". Falou que eu não precisava me explicar a história da Light, é trivial, toda hora chega uma reclamação. Então ela (deletado)

12717





Aquelas vontades que a gente tem.














Os canudos de papelão finalmente chegaram. Caminhão com microfone anuncia: Miga, sua louca, cosméticos. O gatinho preto, bebê, remelento e espantado, é aquele que a Phoebe descreve. Notícia ruim,  água gelada. Já esperava, mas no fundo a gente sempre tem esperança de que o universo vá mesmo mexer os pauzinhos. Segue a vida.







via G1 / @ibere







Moro condenou Lula, o que equivale dizer que pessoas do naipe de Luciano H estão estourando champanhe. Maluf garante que Temer é um homem honesto. Novas leis trabalhistas. Brasil, cada mergulho um flash.








via