via

31.10.11

Feliz aniversário, Sidney :) Hoje o cãozinho ia passear pela primeira vez, mas chove desde cedo. Levamos ele pro play, ele odiou todo o processo: coleira, elevador, play. Nada para escrever aqui, vim só bater cartão. Organizando papeladas. Frio. Chocotone. Diarista frila. Drummond, Drummond.





é maravilhoso acordar junto/ no mesmo minuto, maravilhoso ouvir/ a chuva cair de repente sobre o telhado. Elizabeth Bishop

Se alguém souber de uma bordadeira que faça pontos cheios assim me avisa? Thanks, thanks, thanks.



                                       Demi Moore / twitter



Sábado pretty good Biciclete -----> Latine, sanduiche borbulhando. Shopping da Gávea com Aldinha é sempre delícia, lojas, Timbre, cafés, mais café, experimentar roupas, café, trocar esmalte, comprar chá, comprar jornal, coisas assim. Sábado tranquilo, feliz. Dividimos biscoitinho da sorte: As pequenas cortesias alegram a vida, as grandes enobrecem. (Lindo). Depois ZL & S vieram aqui em casa, foi ótimo, pena que rapidamente. E para fechar com chave de ouro:


28.10.11

Foi trocar de roupa, apareceu na sala enquanto enfiava a gola da camiseta no pescoço. Quando esticou no corpo, vi que era o mesmo History of Art que publiquei de madrugada, porém branca com os desenhos pretos.

- Não é incrível?
- Incrível.
- Muito incrível.
- Que coisa estranha, ele disse. E depois: "O problema é que você vai ficar achando que é um sinaal, ---> reproduz gestos de impaciência<----- e blablablá. Eu não. Achei coincidência, e só."

O homem sincero.



27.10.11
                                                                 
Você sabia? Para viver Bentinho, o ator Michel Melamed emagreceu 20 quilos.


Já vi o Paulo Gustavo no teatro, e ri bastante. Rir está está na listinha das minhas 3 coisas prediletas, foi ótimo. Acontece que fui assistir seu programa no Multishow, utube, e logo no início ele repete o argumento do Larry David para a aeromoça: não pode sentar ao lado da porta de segurança porque se sente pressionado, não saberia o que fazer etc. Coincidência? Daí desisti. 

Meu padrasto relia O Coronel e o lobisomen, de tempos em tempos. Lembro também de uma briga com a minha mãe, ele rasgou Aeroporto no meio (verticalmente, claro). E também Hospital. Eram best-sellers da época, super grossos (Eles iam de Guimarães Rosa a Jacqueline Susan -----> o leitor livre).

Brigavam como Elizabeth Taylor e Richard Burton. (Não fisicamente). Ele tinha ciúme até do Roberto Carlos. Ela chutou o carro dele até amassar feio. Jogava sapatos na direção dele, que dirigia. Ele recuava e os sapatos de salto saíam pela janela do carro. Minha mãe não era fácil.




Twitter do Asthon Kutcher.

Não posso crer! Pensei que fosse boimate case.

26.10.11 







Olha como pode ser rápido: anteontem fui na Fifi, pagar o mês. Quando estava voltando pra casa vi uma cachorrinha preta tipicamente vira-lata. Ela estava perdidona. Voltei pra loja arrasada. Um rapaz levou ela até lá. A Catarina cuidou de tudo, e ontem mesmo ela conseguiu adoção. Vapt-vupt.
                                                                       





No CCZ de São Paulo existem quatro cachorros que precisam muito da nossa ajuda. Três são cegos e uma cachorrinha anda de cadeirinha de rodinhas. Mesmo se não tivessem esses agravantes, o CCZ é o pior lugar para um cachorro estar. Melhor viver na rua, cair na malandragem, virar lata de lixo, e ser feliz. Mas eles ficam em jaulas etc.

Alguns destes filhotes entram na jaula bebê e ficam até estarem idosos. Tipo passam a vida ali. Eu vou adotar um cão cego e adulto. Faz parte das coisas que quero muito fazer na vida. Agora estamos com Pequeno (preferia Pepe Legal), mas como ele é do Francisco, um dia mudará de casa. Daí eu adoto. Quero dar amor a quem nunca teve. Porque amo demais os animais, mesmo.

Se a internet conseguiu fazer com que a mercadoria da Arezzo fosse retirada das lojas, pode conseguir lar para esses cachorrinhos. O truque é repassar. Por blog, email, twitter, Facebook, tudo. Porque acaba caindo numa pessoa que quer muito ajudá-los. Que tenha tempo e amor disponível. Seja amigo dos animais, eles merecem.

Aqui tem as fotinhos deles, queridos demais.





                                                                     Paparazzi
Edward Norton, e Madonna. 




Minhas rasteirinhas ficaram felizes porque sairam ontem e hoje. Estavam nervosinhas dentro do armário. Pra mim o verão começou ontem, mas com noites meio frias: isso é bom. Calor na hora de dormir ninguém merece, meu quarto é ventilador de teto, convenhamos que não é a mesma coisa. Não gosto mais de ar condicionado como eu gostava, adorava até no inverno, pelo poder de se agasalhar do frio (delícia). Xuxa dorme com ar todos os dias. Adoro o mundo pop. Quem está acompanhando a briga da Luana Piovani? Ela falou mal dos corpos da Carolina D., e da Gisele. Vamos aguardar a réplica.

(Não gosto de nenhuma das três. O rosto da Gisele é de fato espetacular. Ainda + qdo mais jovem. Ela é jovem, super, super, mas há uns dez anos era mais bonita.  C.D. é intragável, o Brasil inteiro sabe. E a Luana acho chata pra cacete).

O twitter da Piovani é real, mas parece fake. Porque ela não tem papas na língua. A pessoa chama ela de antipática e ela: "Sua gorda". Ou "Get out mother fucker". Quando chega na timeline escreve "putaaaaaadaaaaaaaa! voolteiii!!!". Essa parte de ela dar o troco acho até legal, o problema é que a voz dela é chata, ela é toda trabalhada na chatice.

Se ela ler isso me dá um socão. Ela é brava.



Está certo dizer que estrelas / Estão no olhar / De alguém que o amor te elegeu / Pra amar.


25.10.11



Nastassja Kinski. e Scarlett Johansson

Minha vida é um mar de rosas, incluindo os espinhos.
24.10.11



Aretha Franklin


Para minha surpresa, Valquíria Barbosa pede meu livro pra ver se vira filme. Tem interesse. Fico empolgada, mas não tenho nenhum exemplar. Ligo para o comercial da Nova Fronteira: Quanto custa para comprar alguns livros meus? (Ionesco). A moça vai procurar saber, e quando retorna diz: Não temos nenhum livro disponível (Kafka). 

Desligo.

Na verdade, sempre quando dou o último exemplar para alguém, acabo achando outro. Já dei até os dedicados aos meus filhos (que ficaram furiosos) e os rabiscados para revisão, para pessoas que estavam em depressão profunda, ou amigos que não tinham como comprar. Aonde? Achei outro, rabiscadíssimo, e vejo agora, preciso ter pelo menos um pra mim.

oummmmmmmmm.



Segunda-feira Pernas na água do rio: Reinações de Narizinho. Indisciplina no parque.


22.10.11                                                   

                                                                 Paparazzi
Demi Moore


21.10.11
Olhei pro espelho: rosto agulha.  O dentista me explicou a anomalia magnética do Atlântico Sul. Passei no hospital: gastrite. Primeira refeição às oito da noite: falafel e milkshake. Pretty pretty, pretty good. A internet é fogo. Não se pode enganar o tempo. Shit! Madrugada alta. Ainda vou assistir Arrested development. A casa encolheu para Pequeno (preferia Xerife ou Amigo). Porque amanhã é sábado, vou lavar, passar, escrever e ler. Uma joia nas mãos: Woody Allen & la musique de Manhattan à Midnight in Paris. Segunda-feira vou mudar procedimentos.



Para minha linda querida amiga Maria Adriana, vulgo Marina, meu pobre livrinho... Nunca vou esquecer nosso tórrido e clandestino caso de amor nas areias de Paquetá. Não esqueço o gosto dos seus beijos...Por favor, volta pra mim. Eu guardei seus brincos!
Beijos nos seus pés,
Alex

Gosto de ler dedicatórias depois. Li no táxi. O motorista perguntou pra onde eu ia, e eu hahaha. Depois até pedi desculpa.

19.10.11

Foto de Art Streiber

Que babado a capa da Trip, hein?




Mudei o corte do cabelo. É tão fácil fazer uma mulher feliz. Troquei Ilusões Perdidas por O pai Goriot, que flui muito bem. Acho que a tradução de Ilusões deve ser ruim. Choro à toa, não sei se é química, ou inferno astral. (Platão Plutão, o ex-planeta, passa uma ou duas vezes pela vida de alguém? Não se trata de pergunta retórica). Talvez eu esteja sendo nociva sem saber. Parece que a culpa da explosão foi do dono do restaurante, três pessoas morreram etc. Quer dizer,

(Você não me manda uma carta, um telegrama, reply, DM, tweet, scrap)

Minha calça 36 sambando no corpo. Não sou pedante ao ponto de reclamar, mas meu rosto afina, é péssimo. Carla Bruni já pode fumar e beber. O cachorro passa pela cozinha e em segundos come a comida das gatas. Um ano e meio de enjoo diário, e mesmo assim não faço exame de sangue porque tenho medo da agulha. Quantos anos eu tenho? Três?


18.10.11




Não escrevo mais sobre coisas ultrapessoais (motivo: não quero). No caderno, as palavras ficam fora de lugar, e se juntam de maneira cafona. Perdi a ginga. Van Gogh morreu de bala perdida. Sinto pena do dono do restaurante que explodiu, do seu rosto na primeira página do jornal, indo depor, chorando. Algumas lágrimas ainda no canto do olho. Ele culpa a empresa que contratou para cuidar da manutenção. E se for verdade? Seu rosto é o Munch de hoje. (Saquei que é empatia burguesa. Pior foi o senhor que perdeu o filho porque o hospital demorou a entender. Deus do céu.). Assisti a estreia de Aquele Beijo. Gostei, mas acompanhar é um pouco demais. O noveleiro J.R. Duran tuíta em tempo real ("Segunda cortina ambar em contra luz no mesmo bloco e em locações diferentes.") Passando aspirador. Tentando não pensar na editora. Só a ioga salva. (post embrulha e manda)


17.10.11



Marilyn



"Minha personagem não é bem uma vilã, está mais para bipolar". Marília Pera


Minha notícia do dia predileta: Xuxa vai cantar Garota de Ipanema, na abertura da nova novela das sete.

Primeiras fotos de Julia Roberts como Rainha Má, no filme Branca de Neve.

Sexta no domingo. Motorista de táxi: Existem cantores e cantores, aumentou o som: Julio Iglesias. Feira da Praça do Jockey. La Biciclette: melhor geléia de figo do mundo. Biscoito da sorte: Uma bela flor é incompleta sem suas folhas. (Tento decifrar). Subway vegetariano. Novela mexicana. Cuidado com aquilo que você deseja. Biscoito de chocolate com laranja: combinação perfeita. Saí de casa meio-dia e meia e voltei 4 e meia da manhã (horário de verão).

Mentalmente, fiz uns quinze episódios do Curb. (Em alguns eu era LD). Casa do G. no finalzinho da noite. Voltei para o misturinha.



16.10.11

Drew Barrymore

13.10.11

"Todo anjo é terrível."






- Você lembra das coisas que você fala quando está bêbado?
- Não.
- Nada?
- Nada.


12.10.11
Feriado Olhos fechando, jogo que não acaba, chegaram as contas, acabou a greve, o motorista de táxi falou: "Todo mundo fala mal da ditadura, mas pelo menos naquela época...". Corto logo. Esqueço de levar o lenço, "Pode ficar pra você" - G. diz. Come salada. Arroz com feijão manteiga. Faço anotações. Meu livro desapareceu na estante. Ensino o truque. Durmo na volta, com a cabeça encostada no vidro da janela. Tiro as vendas,



G. devolveu os lápis. Depois resolveu ficar com um deles, até a ponta quebrar, não tem paciência para apontador. Achou o vídeo dos balões longo demais. E é mesmo. Muitas ideias para o livro e exercícios. Ele foi ler umas coisas que anotou de madrugada, e a letra foi virando garrancho, tentava entender o que tinha escrito, sem êxito. (Jerry tentando decifrar a frase que escreveu de madrugada, no meio do sono, depois de ter assistido um filme de science fiction na tevê)

Bom é chegar em casa às dez da noite. China Box, O Astro, Larry David, noções de ioga, Eu.



Biscoitinho da sorte: A única forma de se ter um amigo é ser um.







11.10.11
A Mona Lisa é o resumo do pop.










NF: essa editora está me deixando realmente deprimida. Não tenho palavras. Não existem desculpas cabíveis.


Larry David falou que não é George, e nem mesmo ele próprio, em Curb. Mas que gostaria de ser assim. De noite, assisto um episódio atrás do outro. Leio poemas. História da arte. Abro cocas em lata por causa do estalinho. Desperdiço as horas que poderiam ser notáveis. A paisagem magnífica. Agora só escrevo a lápis. Comprei alguns na feira de antiguidades da Gávea.

Sanchez - ind. e com. de peças p/ autos Ltda.
Camisas e pistões
R. José Barbosa, 8 - Guarulhos


Outro, dourado:

Bijuteria fina
Bolsas etc.
Novidades
Real Modas
Rua Uruguaiana, 84 TEL 430260 Rio


E mais dois, um da Cinzano, o outro não lembro. A editora tirou a minha paz. Algumas pessoas dizem, quando estão sem trabalho. "Tenho um projeto". No Café se costuma dizer "Trabalho com multimídia". Me sinto desconfortável por um espaço vazio que não criei. Leio Balzac com um dicionário ao lado.

Oblonga: mais comprida do que larga.

Dez e meia: vou dormir. O gato mia. Estou com um tremendo mau humor. Deposito todos os ovos num cesto só. Aguardemos.


10.10.11


Jimmy Cliff  /foto de Inez Van Lamsweerde 


Três pessoas Ela me disse "Você está certa. Admiro muito quem tem planos pra vida", e seus olhos se encheram de lágrimas que ela disfarçou jogando a cabeça levemente pra trás, de modo que aquele sentimento tão rápido se tornasse imperceptível. Eu disse: "Você está linda", mas queria dizer também o quanto a admirava e gostava dela. Porém os afetos entre nós são poupados por falta de hábito. O abraço demorado deveria ser mais comum, porque é bom e confortante. Mas é difícil começar do zero.

Minha terapeuta me abraça assim. Demoradamente. Na entrada e, principalmente, antes de eu ir embora. Esse hábito começou quando estive lá pela primeira vez. Em frangalhos. Ela me abraçou muito, antes e depois. Quando liguei pra ela, marcamos um dia, eu estava de cama, a depressão havia me mastigado e engolido. Eu disse: Não sei se conseguirei chegar até aí. Ela fez que não entendeu: Ora, claro que sim, estou te dando o endereço. Claro que você vai chegar aqui. Durante as primeiras semanas peguei todos os ônibus errados. No dia que consegui acertar, ela se portou como se eu tivesse ganhado o Nobel. Muito bem! Que coisa boa! Parabéns!






Blablabá. Saudade de Agá. De 2006 a 2009 trocamos mais de dois mil emails até que, por um motivo que não sei, ele desapareceu por completo.

09.10.11
Domingo Café da manhã na Bicicleta. Feirinha de antiguidade da Gávea. Delícia de dia.




06.10.11

1965, Manhattan, New York — Andy Warhol looking at Campbell’s soup cans in Gristede’s supermarket near his 47th street studio. Image by © Bob Adelman/Corbis. Daqui. 



"Comercial da Apple em 1999, HAL 9000. Era o ano da nóia em torno do 'bug Y2K.'" (@fabridoss)




Não sabia que o obituário do Steve Jobs saiu no jornal antes de ele morrer, e ele leu. Que absurdo. Também não sabia que ele ficou seus últimos três dias sem dormir, com medo da morte.

:(







O nosso cãozinho cresceu. O Pequeno. Preferia Xerife.



05.10.11
(...)
uma doçura
venenosa
de tão funda.

Ana C.


                                Twitter



Vamos falar de coisas relevantes? Ashton Kutcher e Demi Moore se separaram. O ator não segue mais Demi Moore no Twitter. O pivô da separação foi uma biscatíssima. Demi deu unfollow no ator, mas depois voltou atrás. De tristeza, ela está pesando 44 quilos. Não que ela pesasse muito mais. Ele mudou o avatar. "Quando nos ofendemos por algo ou alguém, volte-se para si mesmo e estude os seus próprios fracassos. Então você se esquecerá da sua raiva", filosofou o bonitinho.

O avatar, o ator com nariz de palhaço, mudou em homemagem a Steve Jobs.



04.10.11
Quero muito.
Viva São Francisco de Assis!
                  


03.10.11
Quando resolvi entrar em ritmo de rock in Rio, pelo Multishow, acabou o festival. Um amigo contou que o camarote da Souza Cruz não tem nada, nem nome, foto, logotipo, cartaz: nada. E não se fala o nome da marca. Uma porta branca, comum, vc entra cabreiro.

Uma vez estava numa roda, me apresentaram um cara da Souza Cruz. Eu estava naquela fase de comprar a varejo, antes de parar.

Eu: Como você tem coragem de fumar sabendo de tudo?
Ele: Como você tem coragem de fumar não sabendo de nada?

Sonia fez mais comida do que cabe no freezer, o meu é congelador. Então não sei como proceder. Eu deveria ter dado ordem de prioridade, então ela fez sopa demais e não tinha espaço pro bacalhau, nem para o folhado de bacalhau. Em falava folheado, até hoje. Pronto, falei, tô leve.

Alguém conhece uma bordadeira ótima?



02.10.11

"Antonio Banderas é uma fogueira latina com olhos capazes de acionar a puberdade, reverter a menopausa, causar orgasmos em animais de estimação, plantas e eletrodomésticos." Libby Gelman-Waxner, crítica de cinema



O cachorro quer a comida da Cat Moss, que quer a comida da Alice, que quer a comida da Cat Moss. Tenho que ir lavar tapewares, mas não vou mes-mo.

Comprei tantos que poderia abrir uma loja. Que droga que não posso escrever livremente.

Unhas cor de papel carbono. (o cobertor, a manta). (o cobertor, a lança). Lança de sagitariana. Tanto livro pra ler. Ficar quieta lendo na cama: adoro. Assistir Seinfeld para finalizar a noite. Hoje vou ver Yada Yada, que MCibilis emprestou porque o meu arranhou demais. Fiquei o dia inteiro cantando Rororô, rôrô rêrêrê, rock in Rio ôô, rárárá rock in rio ôô. Músicas grudam em mim diariamente. (o cobertor, a lontra). Tive um sonho em Brasília.

                                                                   



Domingo Hoje conheci a Paloma Amado, filha do escritor, que me contou uma história ótima. Seu pai - ao contrário da mãe, que além de bela voz também cantava trechos de óperas - não sabia dançar, nem cantar. Tinha ouvido zero. Certa vez, em Paris, estava vendo tevê, e Zélia fazendo uma sopa. Jorge gritou pra ela correr pra ver uma cena na televisão. "Você diz que não entendo de música, mas essa eu conheço, é um antigo hino anarquista...".

Bola fora. Era Parabéns pra você, em inglês. Hahaha.








Sábado Pastel de feira, flores amarelas. Jabuticabas. Ervas e grãos. Listas por todo canto. Sono atravessando. Preguiça: tirar compras do carrinho de feira, lavar tapewares, ir ao supermercado. Quero ler, quero dormir. Quero coca-cola que faz lacrimejar. 
                                                                   





As minhas mãos mantêm as estrelas,
Seguro a minha alma para que não se quebre
A melodia que vai de flor em flor,
Arranco o mar do mar e ponho-o em mim
E o bater do meu coração sustenta o ritmo das coisas.

(Sophia de Mello Breyner Andresen)