marina w. is over capacity.





30.04.10
                                      


Caetano e Dedé Veloso. Foto AE



@realwbonner Estão todos guardados no meu chip reservado a experiências inesquecivelmente ricas e prazerosas. Inté, tropa! Tenhamos todos BOAS NOITES.

@realwbonner Esqueçam teorias conspiratórias. Divirtam-se muito. E torçam, os já saudosos, para que o tio consiga voltar depois dos desafios de 2010.

@realwbonner Hoje, deitado nesse quarto, dores terríveis, vi que não há como protelar a retomada dos exercícios. E não há como retomá-los assim. E daí?

@realwbonner Simplesmente não tenho cumprido o protocolo de exercícios prescrito em outubro de 2007 para me proteger de uma hérnia discal.Falta de tempo.

@realwbonner O twitter é um universo absurdamente cativante. Quem não se viciou que me desminta. E eu mergulhei nisso intensamente. Salto ornamental.

William Bonner se despede do twitter.

Blé.


                             Adjani



O suplemento Boa Viagem, do Globo, listou os melhores bares de São Paulo. Estão fora da ordem, ok? Graças as comidinhas - receitas de bacalhau da Dona Felicidade, e Espírito SantoAdega Santiago (cozinha portuga e espanhola); o "ovo perfeito" do Bottagallo; a carne-de-sol, doMocotó; e as empanadas do Empanadas Bar - ou ao chope bem tirado etc, os escolhidos foram:

Bar LéoBar EstadãoHocca BarBar do ManéElídio BarBar Brahma(Ipiranga com São João), OriginalFrangó (não pelas coxinhas, que o Moa acha uó, mas pelas 300 marcas de cervejas), ValadaresSubAstorFilial,Mercearia São PedroCervejaria PatriarcaGenésio, Salve Jorge. Botecos pés-sujos: GibaMário, e Botequim do Hugo. Os de inspiração carioca:PirajáPosto 6São CristóvãoSamba. Os nisseis: KintarôIssa, ambos na Liberdade. Terraço Itália (por causa da vista), e para quem gosta, pode, e quer: Baretto, do Fasano.

O sambista carioca Moacyr Luz, aponta seus prediletos: Giba e o Pirajá. Bacana, legal, curtível: os uniformes do Pirajá foram feitos pelo Walter Alfaiate.

(Para Rô)

                                                                 Jennifer Garner



Ir pra cama meia-noite, luz apagada, e só conseguir pegar no sono cinco e meia da manhã. Quem curte?



28.04.10

                                           Lucian Freud



Uma vez alguém disse que meu blog era como uma brisa na primavera, uma coisa assim. Não sei se ainda é.


                                            Set
                                            O bebê de Rosemary



Está frio no Rio de Janeiro. Esta deveria ser a notícia de primeira capa do jornal, e não Casal gay adota uma criança. Pelo amor de Deus, estamos no século 21. Há anos ouço que a diferença do Brasil para um país desenvolvido é de 60 anos. E ainda é. Será sempre? Nossos políticos são todos jecas. Garotinho voltou para competir. Como somos atrasados! Ontem chovia, o que não impediu que um homem jogasse um saco plástico pela janela do ônibus.

Em frente ao meu prédio não tem aquela casa que o terreno deslizou com a chuva? Coloquei fotos etc. Pois o terreno é alto e íngreme. E operários estão fazendo um muro de arrimo. E para subir e descer com os pedregulhos usam uma daquelas escadas de madeira, que eles mesmos fazem, grudando um pedaço no outro, até ficarem bem grandes. E escoram a escada. 


Não existe proteção alguma. No prédio ao lado, dois pedreiros estão diariamente fazendo um serviço no terceiro andar, em cima de um andaime. Em vez de capacetes, usam bonés. Não estou fazendo uma denúncia, porque não se trata de casos isolados: é assim.

No outro dia, modo de dizer porque faz um bom tempo, um homem caiu do andaime em pleno centro da cidade. Veja você que morreu atrapalhando o tráfego.



27.04.10



E no domingo M.M. escreveu: Benditos os que conseguem se deixar em paz.



Marcar uma nova sessão de quimioterapia para minha gata. Abro a bolsa para pegar a agenda. Dentro da bolsa tem uma faca serrilhada. Oi?


3 da tarde Laura não ficou chapada, nem excitada. Mas não se pode ter certeza de que não dei Rivotril. Então ela ficou no soro antitóxico e estará liberada às seis. Laura tem uma postura de tigresa, não tem o jeito malandro da Cat Moss, nem o medo-de-tudo da Alice. Ela é uma rainha, em qualquer situação, uma rainha.


Não sei o que está acontecendo comigo. Acho que pirei de fato. Vejamos. Só tinha um Capstar na caixa. Tanto que coloquei na agenda: comprar Capstar. Pode ser que eu esteja enganada, mas a probabilidade é muito pequena. Então eu pego a Laurinha no colo, abro a gaveta, pego uma cartela de Rivotril e dou um comprimido à ela. 

Quando olho, o Capstar está sobre a mesinha. Ali, o comprimido pequeno que tirei da caixa. Então o que aconteceu? Tinha mais de um remédio para pulgas? Porque eu tirei da cartela e separei para dar à ela e, quando vi, estava ali? Como uma pessoa pode abrir uma gaveta, pegar um outro remédio etc sem perceber? 

Porque ando assim. Desligada a este ponto. Então começo a chorar, claro, porque Laurinha não vai mais fazer quimio hoje, mas será obrigada a vomitar, tomar soro e ficar internada durante algumas horas. Como se eu já não estivesse sofrendo demais por causa dela. Minha pobre gata.


A gata vai fazer quimioterapia hoje. Antes de sair dei um Rivotril à ela, em vez de Capstar.


24.04.10

Repetindo posts



O preço do logo

Nike - US$35
Em 1971, quando a Nike estava começando, seus quatro donos pediram a um estudante de arte de Portland, EUA, que fizesse um desenho que expressasse velocidade. Com o prazo estourado e nada satisfeitos com o resultado, eles acabaram concordando com o o logo, que é o mesmo até hoje.

Playboy - free!
O diretor de arte desenhou o coelhinho - símbolo escolhido por Hefner - e não ganhou extra para isso. O logo vende desde sprays refrescantes a máquinas de fliperama.

TV Globo - US$ 120 mil
Em 1974, Hans Donner desenhou no guardanapo de um avião aquele que seria o símbolo da mais poderosa rede de televisão brasileira. Nove meses depois, o designer mostrou o desenho a Walter Clark que aceitou imediatamente e lhe deu um cheque de 120 mil dólares.

Abril - de graça
Victor Civita criou a editora Abril em 1950 e queria que o símbolo fosse uma árvore, representando fertilidade, vida e otimismo. Em 1965, fizeram um concurso na editora, entre os diretores de arte. O escolhido foi Juvenal Ramos.

Hering - US$ 200 mil

Os irmãos Hering decidiram fazer um trocadilho com seus sobrenomes (hering em alemão significa arenque, peixe parecido com a sardinha) e criaram a marca da empresa, que são os dois peixinhos há mais de cem anos.Em 1993, o logo foi modernizado pela SAO, agência de programação visual, extensão da DPZ, e custou 200 mil dólares.

(fonte Trip)




~ Cristo Redentor, abre os seus braços sobre a Guanabara ~

Originalmente podia-se percorrer a estátua por dentro - onde inclusive existe um coração visível - mas a falta de controle e a possibilidade de acidentes fez com que isso fosse proibido, em 1940. Para essa obra, foi feita uma coleta entre os fiéis e o dinheiro arrecado foi tanto que pensaram em construí-la em bronze. A idéia foi posta de lado porque na Rússia as estátuas de bronze estavam sendo desmanchadas e sendo transformadas em armas e temeu-se que isso pudesse acontecer com o Cristo. O arquiteto era agnóstico e o construtor judeu mas ele ficou tão tomado com a feitura da estátua que se converteu ao catolicismo. São 220 degraus e uma vista deslumbrante.

Coisinhas

O nome Adidas - empresa fundada na década de 20, por Adolf Dassler - é a soma do seu apelido (Adi) e as três primeiras letras do seu sobrenome.

A marca de produtos de beleza Avon tem esse nome porque seu criador, David McConnel, quis homenagear o lugar onde nasceu Shakespeare, por quem tinha grande admiração.

George Eastman, adorava a letra K. e queria que a câmera fotográfica idealizada por ele tivesse essa letra no nome. Uma equipe bolou várias combinações e acabou escolhendo Kodak.

Gottilieb Daimler e Carl Benz se uniram para fundar a Mercedes Benz. Ironicamente, Daimler nunca aprendeu a dirigir.

No início da década de 30, um marceneiro chamado Ole Kirk Christiansen, depois de uma depressão, cansado de estar desempregado, decidiu abrir seu próprio negócio: uma fábrica de escadinhas e brinquedos de madeira. Em 34, seus produtos adotaram a marca LEGO, nome formado a partir da expressão LEg GOdt (jogue bem). Depois constatou-se que a palavra existia no latim, significando "eu junto, eu uno". Em 42, apareceram os primeiros bloquinhos de plástico para encaixe.

(Do livro A Casa da Mãe Joana - Curiosidades nas origens das palavras, frases e marcas, de Reinaldo Pimenta)

*Dubas, gravadora do Ronaldo Bastos, é o apelido que o Caetano deu ao compositor (RonalDU BAStos). A.


                                    Anna Karina, a onipresente.




22.04.10

~lua de são jorge
brilha nos altares
brilha nos lugares
onde estou e vou
lua de são jorge
brilha sobre os mares
brilha sobre o meu amor
lua de são jorge
lua soberana
nobre porcelana
sobre a seda azul
lua de são jorge
lua da alegria
não se vê o dia
claro como tu
lua de são jorge
serás minha guia
no brasil de norte a sul ~



Lendo: Juliet, nua e crua, de Nick Nornby.
Ouvindo: Maria Rita, via Charles.
Vendo: Larica; e Campeões de Audiência, do Michel Melamed / televisão
Vendo: Os Aspones / Youtube.



Salve São Jorge, santo guerreiro, te amo. Agora lembrei de um dia, no Corujão da poesia, do Letras e Expressões e a coisa mais carioca do mundo. Uma certa madrugada Jorge Ben, coordenador do projeto, começou a cantar Jorge da Capadócia, e saiu da livraria cantando pelas ruas e as pessoas atrás dele. #riodejaneirofeelings




Eyjafjallajökull.



18.04.10



O escritório de Einstein (Via Cora)



16.04.10
De mulher pra mulher, Marisaaaaa.


Obama afirma que em 2035 humanos vão pisar em Marte.

Primeiro vamos acabar de destruir a Terra.



15.04.10


Agenda de sagitariana




O homem em seus dez momentos mais comoventes (comoventes sobre o triste):

1. Criança fantasiada principalmente dos seis meses aos três anos.
2. Moça de carro alegórico jogando beijos.
3. Homem velho contando que deu soco em alguém e, fazendo o gesto (aí é que comove), mostrando como foi o soco.
4. Preto de óculos Ray-ban (aos sábados e domingos)
5. Violinista de casa de chá tocando Tosiel.
6. Retrato de primeira comunhão.
7. Criança tocando acordeão na televisão.
8. Fotografia de índio (posada), perto de avião.
9. Goleiro de time de morro com uma joelheira só.
10. O bilhete que a empregada deixa sobre a mesa da cozinha (muito mais pela caligrafia do que pela ortografia):
"Pesso deichar a chave".

Antônio Maria - Seja feliz e faça os outros felizes - crônicas organizadas por Joaquim F. dos Santos.



14.04.10
Uma amiga da Simone, minha diarista, pediu para trabalhar nas obras do PAC, na Rocinha. Depois de muita luta, conseguiu. Seu trabalho é idêntico ao dos homens: a construção de um viaduto. Um porém: eles ganham 800 reais por mês, e ela 500. Boa tarde.



O homem só é sincero aos 17 anos.


12.04.10
Estava descendo a rua, e parei para catar o lixo que estava em cima do bueiro: uma garrafa pequena de mate, um copo de plástico, um pacote vazio de baconzitos, e a embalagem do chocolate Charge. É muita coisa para um bueiro só. O resto do post apaguei: não estou a fim de me aborrecer.

"Eu não sou uma atriz treinada. Ou sou um desastre, ou um milagre."  Anna Magnani


11.04.10


Aprendi com Homer a fazer curativo na minha gata. Um varal arrebentou, peguei escada pra consertar, blz. Achei que estava abafando, mas não, despencou. Na dúvida entre ----- ou ------, escolhi lavar os cabelos, e massagem honey & lemon.

O Amor conheceu vagões de trem? Não. O Amor conheceu aviões; automóveis; e transatlânticos ancorados em frente à janela. O Am





Coisas perdidas. Onírico



"Agora vou viver minha vida, tenho muita coisa pra viver." Laura Beatriz, 8 anos, sobrevivente do Morro do Bumba. (O Globo)



As melhores coisas da vida são de graça. Google, Youtube, Gmail, Picnik, Twitter.


08.04.10




Tweet do dia

@janetclair Hoje em dia, duas coisas são essenciais em uma redação de jornal: Café e Twitter.



Só para registrar: Está previsto para amanhã uma ressaca que pode ser a maior da história do Rio, com ondas de até cinco metros de altura. Na briga com a natureza, nós beijamos a lona. Abs a todos os envolvidos.


07.04.10
Rio de Janeiro ou Sobre matemática Fez sol, choveu, voltou a fazer sol. Passei o dia na rua resolvendo coisas. Quanto mais resolvo coisas, mas elas precisam ser resolvidas. Atravessei para comprar um guarda-chuva de calçada. Custava 6 reais. O que se pode esperar de um guarda-chuva de 6 reais? Pois é. Comprei três. Tomei um café no balcão de uma padaria. Logo adiante vi guarda-chuvas bons, por 15 reais. "Mas faço por doze". Contei que infelizmente já tinha comprado três tarará. Ele fez demonstrações, e dele era bom, o meu ruim. Óbvio. 

Deu-se a seguinte negociação: Ele me venderia três (prateado, pink, e salmão), por 22 reais, e eu daria o de seis reais que estava usando pra ele vender por cinco ("Mas avisando a cliente que se trata de porcaria"). Topei. A senhora ao lado me perguntou se eu venderia um dos meus de seis reais. Vendi porque achei mais divertido do que dar de presente, o que seria o normal. Troco pra cinquenta. Se você reparar, falta um guarda-chuva de seis reais. Cadê ele? Onde ele foi parar? Perdi. Não é pra isso que eles servem?

Minha rua ontem.
Hoje à noite voltou a chover torrencialmente. Sirenes de ambulância e de bombeiros.





Pedalinho A Lagoa Rodrigo de Freitas transbordou e o patinho foi parar no meio da avenida.

05.04.10
De novo cresce a chuva e cai um raio.
Ajeita-se a gola da camisa, corre-se para o carro.
- Nos veremos daqui a um ano
com outras histórias de abandono e ganhos,
e se o destino não nos for comum
nunca andaremos na chuva como estranhos.

Aclyse de Mattos




Fone Fácil Bradesco again. Perguntam o nome do meu pai. Digo. Não confere. Repito, mas não confere. Seu cartão acaba de ser bloqueado. Vou ao banco, o nome do meu pai confere (óbvio) e meu cartão não está bloqueado. Não sei como processá-los no juizado de pequenas causas porque não tenho como provar. Parei de assistir Viver a Vida, porque não me leva a nada. Na televisão da loja de mate, S. entrevista Paulo Ricardo. Esqueci o guarda-chuva no táxi. Boa tarde, Brasil.


O blog das reclamações.


Marina, de Dorival Caymmi, composta em 1946, na verdade foi feita para seu filho Danilo. Ele era pequenininho, virou para o pai e falou: Estou de mal com você. A partir da frase, Dorival compôs a música que se tornaria um clássico.

Ao contrário do que se pensa, Dorival não gostava de rede. Ele curtia mesmo uma cadeira de balanço. Sua filha Nana, no entanto, é capaz de ficar horas e horas na rede vendo tevê.

Preguiçoso mas organizado: Dorival mantinha várias pastas, catalogadas com sua caligrafia caprichada, com fotos, músicas e matérias sobre ele.

Quando jovem, era disputadíssimo entre as mulheres. A ponto de uma delas, multimilionária, ligar para Dona Stella, sua mulher, e mandar na bucha: "Quanto você quer para vender o Dorival?". Dona Stella, que tinha fama de brava, não pensou duas vezes: "Pode levar de graça, mas os direitos autorais ficam." (hohoho). Ela sabia que ele não iria. E sempre teve orgulho de ter um marido tão sedutor.

A fim de passar uma cantada na Zélia Gattai, Jorge Amado pediu ao amigo pra compor uma música para fazer um clima. E foi isso que aconteceu: Jorge fazendo juras de amor e Caymmi no violão, ao fundo.

Algumas dessas histórias deliciosas sobre Caymmi, estão no livro da sua neta Stella, chamado O Mar e o Tempo.



04.04.10
                                         Set

Encontros e desencontros



- o que você achou do filme do Chico Xavier?
- Achei medium.


                              


Feliz Páscoa



03.04.10
Fui almoçar com mermão, antes ele me ajudou a fazer um parafuso com nozes, parmesão, manjericão e muito alho e azeite para as crianças. Depois do almoço ainda era cedíssimo e compramos entrada para o filme do Steve Martin. Depois ficamos fazendo hora. Quatro horas, ou três horas e meia, não lembro. Encontramos Gustavo e Taíssa, e depois ela, na Timbre. 

Hora, hora, sorvete, cadeiras do Estação. De repente ele olhou os ingressos pra ver qual a sala e... era o filme do George Clooney, Os homens que encaravam cabras. Simplesmente a moça se enganou. Então ficou sendo ingressos disponíveis sem prazo. Só que a gente queria hoje. Liguei pra F. Ele não tinha visto. "Eu não iria. Parece que é mala." Agora vi na revistinha o boneco batendo palmas. Também é comédia parará. Tenho o maior bode do George Clooney. Escrevi um livro no fim de semana. Que sono.










Post chato [deletado]



                             Paparazzi
Kate Winslet