31.01.11

Esqueci, ou não, de comentar um documentário de assisti na televisão, nunca assisto e sei que alguns são bárbaros e tal. Este era sobre a descoberta de que o que circula no coração é independente do cérebro. Que o coração tem neurônios etc e memória. Vários casos comprovam. As provas são circustanciais, e não científicas. Exemplo: o cara fez cirurgia de coração. De repente começou a escrever poemas diariamente. Do nada. Nunca tinha escrito antes. Foi conhecer a família do doador, descobriu que era um poeta. Ou seja. O povo sempre está à frente das descobertas oficiais. O coração tem razões que a própria razão desconhece. O ditado Quem ama o feio bonito lhe parece também está correto, porque quando a pessoa está apaixonada a parte do cérebro referente ao senso crítico fica desativada. Mas isso eu sei que já comentei aqui. Blablablá.


Adoro o Matt Damon cantando.


30.01.11
Cineminha

A Single Man = Direito de amar
Blue Valentine = Namorados para Sempre
Robbit Hole = Reencontrando a Felicidade

Oe?



Eu e minha professora de musculação.

- O problema é que eu durmo muito tarde, não perco Vale Tudo.
- Ah, é? Meu marido trabalhou.
- Sério? Como ator?
- Não, ele lutava. Você está falando de quê?

Cai o halteres.

Blue Valentine. Vi e gostei.



28.01.11


Picadinho de sexta Cineminha em casa: A Single Man, Rabbit Hole, The King Speech, Educação, Blue Valentine, Mar Adentro.



F. me emprestou deu de presente uma filmadora bárbara. Disse que aposta que até o dia 23 de fevereiro já terei quebrado. No máximo até março. Pena que não posso sair de casa com ela, porque não é tão discreta como uma digital: minha carreira de cineasta está comprometidíssima.

Segundo matéria da Super Interessante, nosso cérebro comporta no máximo 150 amigos, sendo cinco do peito. Pintei as unhas, fiz hidratação. A professora de musculação foi fisiculturista, e fazia duas mil abdominais por dia. Nando Reis se casou com a ex-mulher. Hoje foi o dia mais quente do ano: sensação térmica de 50 graus.Crise de riso no cabeleireiro. Fiz transport.

Glória Pires cai no golpe do malandro, mas ela é tão sensacional que tudo se torna verossímil. Já o Lázaro.



27.01.11
                                          
                              Paparazzi


Camila Pitanga / Ego



                                     



"Eu sou uma piscininha!"




Um passarinho pousou na minha janela. Ficou um tempo, e depois se juntou aos outros, dando um show no céu de hoje, estupidamente azul. Fiquei radiante de felicidade. Coloquei migalhas de pão, pra caso ele volte.


Fui entregar encomenda no convento, o verão bomba na Gávea. Vestidos por cima do biquini, chopes gelados. No Braseiro, o homem mais charmoso do mundo esta semana, conversa com o amigo de chapéu panamá. O pedreiro joga sacos de cimento para o outro, e no caminhão uma música altíssima: clássica. It. Leio no jornal que o Rio foi escolhida pela revista inglesa Wallpaper a melhor cidade de 2010. Compro Sítio Solidão e pimentões. Onde está você agora?

Não responda.



26.01.11


Amor

Um delicado pra mim,
dois delicados pra você.
Um delicado pra mim,
dois delicados pra você.




(flores: ffffound.com)


1. Sem adição de açúcar e gorduras. Sem aditivos químicos. Sem sabor.
2. No inferno não se fica em pé: cadeiras extensoras.



24.01.11
Samantha falou uma coisa certíssima: Fagundes e Camila Pitanga. O máximo. Se liga, Gilberto Braga.


Oh, insensato coração Capítulo de hoje: mulheres chorando aos pés dos homens. Cadê o João Ximenes? Quem está fazendo os diálogos do casal principal? Tá faltando galã na Globo? E. Leão não rola. Melhor seria Thiago Lacerda, que sempre marca uma presença. Com a morte da Fernanda Machado, qual será o conflito que irá impedir a felicidade de Marina e Pedro? Zé W.: meus nervos não permitem. A novela ainda não disse para o que veio, mas Gilberto Braga terá sempre meu voto de confiança. No entanto, ninguém pode dizer que o último bloco não foi frenético, quase fiquei zonza.

Geral zoava o José Mayer, mas o Lázaro Ramos está provando como é difícil ser *o* pegador. Porque pegador tem que ter pegada, como a palavra sugere. A Glória Pires só vai ser malvada lá pro meio da novela. Me acordem.

                                                                  Paparazzi

*Penélope & Javier*

(mimimi) Então tive hipoglicemia no final da aula, fiquei tontíssima. Pelo fato de não ter almoçado. Tomei café com leite de manhã, e pão francês sem miolo no Le Pain; por volta das três comi torrada com queijo minas, e às seis e meia uma maçã. Não gosto mais de fazer comida. Queria ter uma cozinheira. Sonho de consumo: a cozinheira do Celeiro. É difícil não comer carne, nem soja. (Arquivos: fazia deliciosos hamburgueres de soja, depois li num artigo que aquele farelo era puro lixo). Então vou comer o quê? Arroz com ovo todo dia?* (pergunta retórica).

A aula de treinamento funcional é como aqueles vinhos tão leves que você bebe várias taças achando que não vai ficar bêbado nunca. Pois sim. Pula corda, faz abdominal, equilíbrio, simula corrida, agachamento, um monte de coisas aparentemente divertidas, vai trocando de exercício muito rápido, rodízio, e na terceira rodada você não sente o corpo. O importante é não cair na monotonia, por isso as aulas nunca são iguais. Não gostaria mais de falar da minha vida. (Academia: andar 25 casinhas). Chega logo, Gabriela. E traz 2011 com você.

*Queria ser como a Déa P. que cozinha como quem faz um poema: rosas, baunilhas, jasmins.




A celebridade mais mal vestida do planeta.



22.01.11




Não acredito mais no amor
e essas coisas todas que dizem dele.


"Amor é fogo que arde sem se ver"
porque não arde, nem é fogo e nem se vê.
Amor é imaginar e depois crer
no que se imaginou amar e ver.

Ninguém ama ninguém senão a si,
e os amores que demonstram são apenas
no fundo, o grande (imenso!) amor que tem em si.

Tome um pouco do meu amor
e beba dele,
mas não se esqueça que não é você que ama.
Tome mais um gole
que o meu amor aumenta
como se fosse a mim que alimentasse
e não a quem com sede dele usasse.


Não acredito mais no amor
e essas coisas todas que é o amor.

Aclyse de Mattos





Junto e misturado Esqueço o troco do supermercado, coca-cola, a moça vai me catar na esquina; meu vestido levanta com o vento, como o da MM - e as semelhanças terminam aí; me queimo; escorrego; como muito carboidrato; casa bagunçada; pelos meus cálculos, esqueci o lanche das clarissas; adiando lavar roupa, mas de hoje não passa; tenho sonhado com a minha mãe, no outro dia sonhei com todas as pessoas que morreram, meu primo, minha mãe, Mário etc, acordei acendi vela acima da cabeça; a sala parece um set; minha digital quebrou; no celular a mensagem de texto enlouqueceu; na internet dá página não encontrada; tudo junto e misturado, começo a chorar - dr. olavo disse que choro à toa porque o bipolar é imaturo.



Update Deixo cair a louça, o vidro se espalha pela cozinha, um caco crava no dedo do meu pé. Acho o cordãozinho de prata da medalhinha de N.S. da Misericórdia. Está partido.

23:30 Vou arrumar minha bolsa: perdi o Visa eletron. Fiquei cansada.



"O fato de eu ter celular não significa que estou sempre disponível." André B.



Alguém diz:
"Aqui antigamente houve roseiras" ---
Então as horas
Afastam-se estrangeiras,
Como se o tempo fosse feito de demoras.


Sophia de Mello Breyner Andresen




"Comece simplesmente, de onde você está. Não existem pontos de partida."


21.01.11
Feriado black swan ---> praia ---> chope e pizza ----> minhas mães e meu pai.


20.01.11



Congratulations, Natalie. Porém minha tia, que entende de balé, 
disse que ela dançou "pedrinha".


19.01.11


18.01.11
Fica ligadinha, Gisele Bündchen, que eu saquei que você aprendeu a desfilar observando as pavoas.


Tenho falado muito de animais nos últimos dias, mas o que vou dizer aqui não tem nada a ver com isso: perdi totalmente a paciência com as pessoas.



blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablablá.
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablabla
blablablablablablablablablablablablablablablablá



17.01.11

BB sim, BBB não.



Já tinha fechado todas as janelas da internet, pronta pra dormir - agora durmo com as galinhas, mas voltei pra dizer: Gilberto Braga, não faz assim. Não me decepcione. Achei o primeiro capítulo péssimo. E climinha entre os protagonistas na hora que o avião está prestes a cair? E o beijo na cabine do avião? O avião prestes a cair - isso que eu chamo de amor à primeira vista. 

Nathália do Valle repetindo o papel de Páginas da Vida. Debora Secco parece um remake de Darlene, de Celebridade. O Zé Wilker chegando no final, óculos escuros, com aquela cara de sempre (e aquela voz!) não ajuda em nada. A novela é pesadíssima. Psicopatas, tentativas de desfigurar o rosto da rival, muitos vilões, personagem "viciado" em prostitutas (nada contra, pelamordedeus), sequestro e cativeiro. Queremos beijos de amor, e mansões com escadarias. E a Glória Pires pra botar pra quebrar. Porque também ninguém é de ferro.

:~







Gabizete, saca: Sábado eu estava penteando o cabelo no banheiro (tentando prendê-lo, sem sucesso, com grampos para disfarçar fim de escova) do Shopping da Gávea, quando ouvi a seguinte conversa:

Cabine 1: Ei, aqui não tem papel. Aí tem?
Cabine 2: Tem.
Cabine 1: Você se importaria de me passar um pedaço?

Seinfeld me persegue.


Fiquem ligadinhos O site de domínio público do Ministério de Educação está prestes a ser desativado por falta de acessos.

Lá você pode ler mais de 700 livros em português, ouvir música erudita, ver toda a obra de Leonardo Da Vinci, ter acesso a obra completa de Machado de Assis, Fernando Pessoa, historinhas infantis etc. Vamos tentar reverter esta situação, e clicar direto para aumentar o número de visitas. Nem que seja só pra isso.

Confesso que, apesar do link estar no meu index há anos, nunca abri. Vacilo. Aqui. Não custa divulgar em blogs, no Twitter, emails, Orkut, Facebook etc. Uma pena desativarem uma coisa tão legal.

Comentário: marina, isso é um hoax antigo, não? dá uma busca por Dominio Publico e hoax que sai até matéria nO Globo sobre isso.


                                                                  Set
                           
                             Sydney Pollack & Dustin Hoffman


Li num site de culinária que para impedir aquele cheiro fortíssimo de salmão grelhado, ou outro peixe qualquer, que se espalha pela casa inteira, basta colocar açúcar para queimar. Dá certo. Fica a dica.

Fui na cozinha agora, daria mais certo se eu não deixasse a posta de salmão ficar tanto tempo de um lado só. Aquela parte que a gente não usa. Ufa. Mesmo assim o cheiro foi amenizado muito mesmo. Blablablá. Ofélia.

Fui de novo. A sala está completamente esfumaçada. Cof. A cozinha nem se fala. É que deixei queimar a forma de fazer pudim. Deixei o açúcar em fogo alto. Cheiro de queimado. Pelo menos o salmão está salvo. Nhé.

Vou pro treinamento funcional. Bye.

Olho o relógio: ainda falta uma hora. Se liga. De noite vou ver Cisne Negro. Medinho.

......
Dormi de vestido, de manhã acordei e fui pra análise. Porque não amarrotou (estranho). A. disse que ontem fui dormir nove e meia da noite por conta de não suportar a tragédia de Teresópolis. Meu nariz era tão lindo, com o tempo embatatou. Agendar: domingo cinco da tarde tem reprise legendada do Globo de Ouro. Desligando. Vou indo, viver a vida como ela é.


16.01.11
Domingo Faço retrostectivas, arrumo o estojo de canetas, organizo palavras. Jogo a novela pra reprise de meio-dia, embalo coisas, sopas instantâneas. Esperando baixar Cisne negro. Preguiça de ver Globo de Ouro, sono colossal. Nada para escrever, nada a declarar. Quero sossego. (cigarras)




"Às vezes, quando você está tomando banho, não te dá vontade de pegar o sabonete e enfiar assim, ó, na garganta até sufocar?" Vani.

Dá. Por isso que eu saí para beber um chope.



15.01.11
Os animais existem por suas próprias razões. Eles não foram feitos para humanos, assim como negros não foram feitos para brancos, ou mulheres para os homens. Alice Walker


República Dominicana No hotel, as garças andavam calmamente pelo saguão, e pequenos pássaros pretos, que se pareciam com corvos, sobrevoavam o restaurante. As pavoas desfilavam, as tartarugas dormiam.
  O barman.
  O garçom.
  O cantor.

 Só os dominicanos são felizes (:




Listinha

Homem inteligente: Carlos Henrique Escobar
Para onde gostaria de viajar? Gostaria de ficar quinze dias no Lanserhof, um spa na Áustria.
Mulher cafona: Anna Wintour
Coisa bonita: O perfil da Maria Clara.
Não curto: moto. Odeio.
Em quem você mais confia? Na minha intuição.
Curto: Lawrence Block
Sonho de consumo: Nicola Siri
Hobby: Fazer vídeos caseiros.
Putzgrila não vacila: Os Normais ter acabado.
Pior tipo de gente: A que usa casacos e estolas de pele.
Mulher inteligente: Rosangela Araujo Ainbinder
Uma música marcante: That is all, do beatle.
Lugar para curtir um grande amor: Paris!
Uma saudade: Dos abraços e beijos da minha mãe; dos meus filhos pequenos.
Felicidade caseira: Televisão desligada
Praia: Ferradurinha
Animal: Cachorro e elefante.
Frase: Hoje é o primeiro dia do resto da sua vida.
Cd: Chico Buarque - Ao vivo em Paris / Tom Jobim ao vivo em Minas
Homem bonito: Antonio Fagundes, em Vale Tudo.
Uma comida: Risoto de tomilho e parmesão. O meu é espetacular.
Mulher bonita: Fernanda Tavares, pelo conjunto de obra.




                                Os diretores
                             Herzog 



Ernest Hemingway ----> Louco por touradas.
John Huston ---> Seu hobby era atirar em elefantes




Três em um Verão. Tendências aqui em casa: 1) Sergio Mendes - Timeless. Alto. 2) Copos de vidro no congelador. 3) Meus vídeos toscos.

Preguiça, o pecado original tão fofo, que junto com a gula é o preferido da glr nas mesas de bar, na verdade é uma das coisas mais nocivas - se não for nas horas oqueis, claro. Porque lembra o medo: restringe, limita, e impede. Preguiça é tudo que não quero pra mim em 2011. Tão bom um ano novo em folha, e mais do que isso: fazer.


11.01.11


Um dia seus assessores para pintura compraram um galo de Picasso. Onassis olhou o galo e perguntou: - "bom?". Resposta: -"Formidável". Disse: - "Ponham no galinheiro". Os outros, aterrados, ponderaram que se tratava de uma obra-prima. Onassis começou a perder a paciência: - "Não é galo? Então ponham no galinheiro". O que foi feito. (trecho de uma crônica do Nelsão)




Querido diário Mais uma vez cederei a mediocridade: BBB. E de graça. Daí eles entram na casa, gritam uhú, e se jogam na piscina de roupa. Quer dizer. Nas festas dou mute. Não sei organizar meu tempo. Então me confundo toda. Perco horas, todas as horas são preciosas, faço listas, cumpro, mas alguma coisa está fora da ordem. Esqueço de beber água. 

Troco o pilates por musculação e treinamento funcional. Porque chega uma hora que você precisa optar, e escolher o que pretende da vida. A academia é pequena, e tão nova que a piscina ainda está vazia. O teto é pontudo, como os de chalé. Que calor horrível. Intercalando o livro que estou escrevendo com outro, sobre a vida da Laura. Acontece que

(Sou repetitiva, portanto o blog também é. Prometo, vou mudar, fazer e acontecer. Factóides,Tudo vai mudar, vou caminhar na Lagoa, acordar cedíssimo, parar de beber chope. Depois tudo se encaixa como antes. E quando termina o ano vi que andei umas duas casinhas pra frente. Se muito.)



Você deixaria seu marido fazer um filme com a Jolie? Vanessa Paradis deixou.


10.01.11



Love Story, 40 anos depois No outro dia liguei a televisão assim que ia começar Oprah, e a convidada era a Ali MacGraw. Considerei um golpe de sorte. Acho a atriz (ao lado de BB) a mulher mais bonita do cinema. Porque beleza bacana é aquela que não precisa de maquiagem. Então não posso dizer que não tenha levado um choque ao vê-la: a gente esquece que o tempo passa, mas os filmes não. Porém, quando ela disse sua idade, 71 anos, fiquei chocada: como ainda está bonita e jovem! 


Disse que fez um lifting décadas atrás, e só. Vive num lugar isolado, faz ioga, e tem um gato e um cachorro, seus companheiros nas caminhadas de manhã. As mulheres bonitas sempre acabam se recolhendo no final.

No segundo bloco Ryan O'Neil chegou para ficar. Ao contrário de Ali, ele está quase desfigurado pelo estica e puxa. Não gosto dele. Li: que batia na Farrah Fawcett. Li: que paquerou a própria filha -sem saber, claro -, no velório da mulher. Tatum contou em sua autobiografia que foi espancada por ele no dia que ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante. Achei que na entrevista ele representou o tempo inteiro. Mas não quero julgá-lo, esse negócio de julgar não está com nada.


Marçal Aquino me escreve, por dentro desmaio. Sabe que conto os dias para comprar seu novo livro, que está pra sair do forno. Me manda um trecho. Caso eu tenha "tempo, interesse, paciência - ou tudo isso junto". Tudo isso junto. Depois de assisti-lo, ver seu caderno de anotações, os livros e cds, me espanto: Não era de amor? Ele diz: "É uma história de amor, sim. Mas é também uma história de família, de derrocada familiar. Com uma levada até meio criminal. Sei lá. Esperar pra ver o que é, de verdade." Marçal Aquino me escreve, por dentro desmaio.

Madrugada Já passa das duas, fui deitar, não consegui dormir, fui ler, me distraí, tentei fazer meditação - mas se tivesse cronometrado o tempo, saberia que não passou de três minutos. Estou aflita sem motivos. Ou motivos inconscientes. Mentalmente listo meus afazeres de amanhã. Deveria aproveitar que minha editora está de férias, e dar uma geral na segunda edição do livro. 

Mas a diarista faltou três vezes seguidas, e as roupas se avolumaram de tal forma que ficou difícil ignorá-las. Então de tarde vou me trancar no quarto de MC, ligar o ar e a tevê, e passar meia tonelada de roupas, coisa que estava completamente fora de qualquer plano. 

Hoje fiquei com tanta raiva de duas pessoas, Meu Deus, onde ficou escondido o ódio acumulado a minha vida inteira? Uma antiga feminista brasileira escreveu: Minha boa educação de berço, que cruz. Esta frase é tão eu. As pessoas acham que educação é dizer com licença e desculpe. Vou varrer gente chata da minha vida. De chato bastam as filas e os telefonemas burocráticos. Sinto vontade de fumar um cigarro, mas não fumo. Desobedeço regras, descumpro promessas. O ano começou. Uma simples folhinha é capaz de milagres. Mas às vezes não.


Planos para 2011 Não ser mais refém. De nada.


08.01.11


Chá de aeroporto Não sei mais dizer quantas horas passei, ao todo, em aeroportos, já está tudo embaçado na minha memória. Chegamos à Puntacana dez horas depois do combinado. Foi preciso muitas revistas para passar o tempo no avião. O espaço entre as poltronas está cada vez menor, qualquer hora teremos que viajar em posição de ioga. Por isso não consegui dormir durante os vôos, pretexto para encher sacolas da La Selva com revistas. Quando fui dormir, já em casa, estava 35 horas acordada. Ainda não pude descansar o suficiente. Pensei em dormir o sábado inteiro, mas já pensou abrir os olhos e dar de cara com o domingo? No me gusta. Como pude viver tanto tempo sem Pina colada? Hum.






Empurra empurra Queria ter setenta anos a menos para assistir o show da Amy Winehouse.


07.01.11

A dança dos coqueiros



Puntacana