Baleias azuis da Califórnia se recuperam após anos de caçadas - G1
















a lua como eu ansiosa às vezes














Achei vários dos quilos que perdi.







4.9.14



No outro dia eu estava lendo um livro e deslizei delicadamente meu dedo sobre o papel para mudar de página.










Emma, queria te dar um abraço apertado, às vezes palavra é pouca coisa. Feliz é saber que você teve ele, e que ele teve você. Que Deus nos proteja a todos.  #slob


















Quinta-feira Então eu disse que se tratava de uma lista enorme de motivos, quando deveria ter dito apenas a frase que resumia a coisa. Quase sempre a resposta certa vem depois do diálogo terminar. Saí chorando por excesso de expectativa. Não posso usar mais lentes de contato, e ainda estou usando óculos de grau. Não me adapto, perco o senso de espaço. Pior: esqueço que as lentes não são escuras. Então fui chorando pelas ruas a olhos vistos. Atravessei a calçada, pedi informações, entrei em um lugar que não sabia que existia ~ os meninos geniais ~ fiz tudo corretamente, saí de lá muitíssimo feliz. Tudo aconteceu em menos de uma hora. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Termine o post por mim. Tudo que escrevi era clichê blablablá.















Robert Downey, Jr., 1987

















                                          Todo amor que houver nessa vida.
                                          (Após foto Ledusha)













Rose Dorothy Johansson Dauriac, a bebezinha.























gávea















fogo, raio, estrela e luar



Material de divulgação da revista Gol/ Foto de Franco Amêndola


EU SOU FOGO
Alexandre Nero fez Roma arder em chamas no Instagram e agora incendeia a novela Império, da Globo, como o protagonista José Alfredo de Medeiros.

Sobre a sua reação ainda na expectativa pelo convite para interpretar o Comendador José Alfredo: “Enquanto era boato, me sentia seguro, tipo torcedor brasileiro que fica palpitando sobre o time no conforto do sofá, mas quando o convite virou realidade entrei em pânico.”

Sobre o seu primeiro papel como protagonista na atual novela das 21h, da Rede Globo, Império“É meu grande papel na TV. Nossa diferença de idade não é tão grande assim: eu tenho 44 anos e José Alfredo, 50. Mas o personagem é mais rústico, sempre viveu no campo, enquanto eu sou um cara urbano, tenho tatuagem e sou vaidoso no bom sentido. Digamos que lavo meu cabelo com xampu, e o José Alfredo vai de sabão de coco mesmo.”










Helena G., eu te amo, hein?








3.9.14














Apagar o blog inteiro e deixar só Cecília.















Tanto que fazer!
livros que não se lêem, cartas que não se escrevem,
línguas que não se aprendem,
amor que não se dá,
tudo quanto se esquece.

Amigos entre adeuses,
crianças chorando na tempestade,
cidadãos assinando papéis, papéis, papéis...
até o fim do mundo assinando papéis.

E os pássaros detrás de grades de chuva.
E os mortos em redoma de cânfora.

(E uma canção tão bela!)

Tanto que fazer!
E fizemos apenas isto.
E nunca soubemos quem éramos,
nem para quê.

(Cecília Meireles)

































2.9.14



"Final days on set were Like a funeral" - Elisabeth Moss









Sofrendo de saudades antecipadas.










 





















Setembro não tá nem aí, pelo visto.
























































há riachos imensos
há riachos imensos
todo dia morrendo
todo dia nascendo
nas rachaduras do tempo

[arrudA]












Michael Sowa / via Ledusha














Estante bamba Não sei porque fui comprar o livro de memórias de Nabokov - bem escritíssimo, como era de se esperar, sabendo que ele era um entusiasta caçador de borboletas. Mesmo que tivesse me esquecido (impossível), a capa refrescaria minha memória. Agora preciso pular os abomináveis trechos.





High From Above ‏
An eagle photographed by a drone 














Lygia Pape / Bia Dias, pela lembrança

























Parabéns, Keanu!


Um beijo para o mais querido e mais lindo.


#50





























O negócio é o seguinte: eles sempre tiram fotos caprichadas para doar o dinheiro às entidades que necessitam. As fotos são essas. Lindas e tal. Mas ninguém merece links e mais links sobre a roupa da Angelina, a aliança do Brad Pitt etc. NEXT.














Setembro, segura tua onda.