autorretrato no museu





Sagitário

Evite excessos na quarta-feira,
modere a voz, a gula, a ira.
Saturno conjugado a Vênus
abre portas de entrada
e armadilhas de saída.
Evite apostar em si, mas, se quiser,
jogue a ficha em número
próximo do zero. Evite acordar
o incêndio implícito de cada fósforo.
E quando nada mais tiver a evitar
evite todos os horóscopos.

Antonio Carlos Secchin
















Rosa, ó pura contradição, prazer
de ser o sono de ninguém sob tantas
pálpebras.


poema-epitáfio de Rilke, que morreu porque colhia rosas.

















Autorretrato Sonia Braga / FB











Wyatt Isabelle Kutcher, bem-vinda ao mundo.









         





















2.10.14











Dia do anjo da guarda: thank you very much. Fica ligadinho.









Anotações possíveis De brinde, o rapaz me dá outra flor feita de folha de bananeira. "Baixa a bola", eu disse para a mulher de nariz empinado. Dois seguranças na porta da igreja de Ipanema. Missão quase impossível: criar uma persona que seja o oposto de mim e saiba se portar na joalheria. Lágrimas de Rosa Montero. Balas de alga, biscoitos, pão de queijo. Vou à sorveteria Itália para fazer hora, e pingos de chocolate se espalham na minha blusa. O médico é eficaz; calor infernal. Amor é privilégio. 

A criptonita sou eu.







Táxi

"O senhor viu que o L. Faria pede pra tomar banho na casa de moradora da comunidade e sai do banheiro de toalha amarrada na cintura? Francamente."
"Quem deixa é ainda pior do que ele. No meu chuveiro só toma banho eu, minha mulher e minha filha". 
"Mas, no caso, se uma pessoa legal pedir esse favor, tipo o Zeca Pagodinho?"
"Ninguém. Só abro exceção para gente que saiba voltar no tempo ou que seja imortal".








@Fashionista_com


Capa e tênis: lindo.









Artur Ávila, o ganhador da Medalha Fields de Matemática, vai plantar um jequitibá no Jardim Botânico. A árvore substituirá o “Jequitibá do Einstein”, atingido por um raio nos anos 80. Ela tinha recebido esse apelido porque Einstein, impressionado, beijou seu tronco quando visitava o parque, em 1925, com o então diretor Pacheco Leão. A data do plantio do jequitibá será acertada quando o matemático voltar de viagem, em novembro.  (Gente boa - O Globo)








"Ma che bello!" Giorgio Armani, para Cauã Reymond
























2.10.14



Cortesia: Cecily



























testando colete à prova de balas, 1923 / History in pictures











virginia woof's journal











inventando amor profundo por você.









$8,09
























Exaustão Prefiro escrever quando nada acontece, do que quando tudo. Tontas coisas me deixam tanta.












Colinha
50  infelizmente :(
500
5050
50123






Tudo escrito às pressas e mal. Vou realmente revisar depois.



Alguns meses atrás doei quase todas as minhas roupas - estavam pequenas em mim, ou não saíam do armário há muito tempo. Só que acabo me empolgando e vou enfiando tudo nas sacolas, coloquei todas as rasteirinhas, umas cinco sandálias, e metade das minhas bolsas. Vou distribuindo sem pensar. Sempre gostei de dar coisas. Quando era pequena, uns nove anos, minha mãe trabalhava e não deixava eu descer para brincar na rua com todas as outras crianças. Então eu ficava jogando bombons da varanda.

:S

Realmente acho que  duas bolsas é suficiente para uma mulher, mas fiquei com mais porque não consegui desapegar. Semanas depois fiz outra limpa, e aí mesmo que não fiquei com nada. Conclusão: não tenho roupa. Quando uma mulher diz Não tenho roupa é mimimi: no meu caso é pura verdade.


Nem sei mais como sair na rua. Fico revezando camisa rosa, outra verde, e uma que uma amiga me deu: maior sorte. Ela saiu de casa, nunca tinha usado e, no shopping, viu que estava apertada. Entrou na loja, comprou outra e me deu a dela. Estou usando até gastar.


Os vestidos que eu gosto ainda estão apertados, acho, e os que comprei no brechó, curtos e inconvenientes. Voltei a emagrecer. Quando você passa dois meses sem comer doce é estranho. Provei um brigadeiro na festa infantil e parecia que eu tinha comido uma bola de acúcar.



- Nize, te dei uma bolsa assim assim?
- Deu.
- Ah!
- Quer que eu traga de volta?
- Ramram.

:D






via






Em pensar que vou atravessar túnel de ônibus, me despencar para São Conrado no domingo só para votar. O mais incrível é que vou basicamente por causa de um ex-BBB.

Vida, essa maluca.



















Tipo de mãe: oferecer dinheiro para Maria Clara matar aula no dia seguinte, e assistir o Oscar comigo, já que seu pai caía de sono logo no início - mas ela não aceitava. Ou, quando um dos meus filhos ia pra cama, altas madrugadas, provocar:"Tá amarelando?" Hahaha. Que louca. Eles foram crianças boêmias, nossa casa era cheia de amigos, eu curto boemia na infância e nos cachorros. Xerife janta uma da manhã e acorda tarde.