@michelmelamed  
Sabendo que era impossível, nem foi lá.







Cássia Kiss tirou um s do Kiss, que agora se pronuncia quíxi. (uma coisa assim)













"Não importa se você quer fazer um filme, ou um programa, assistir um jogo do Flamengo, ou do Vasco, tomar um goró, dormir. Quei-ra" Michel Melamed











Sanduíches e infrações.









O compositor se casou, mostra a aliança, mas a mulher dele ainda é sua noiva. Delay.






Hello, Godard.







Gente do céu.


































Chay Suede: OK, me rendo.

















30.3.15


set



Pierrot le fou




















Sylvia Plath é a Marilyn Monroe da literatura moderna. Ocupa um lugar que nenhuma outra escritora há de suplantar. A colega poeta Anne Sexton reconheceu esse fato quando chamou o suicídio de Plath de "uma boa manobra em termos de carreira". Esse comentário rude revela uma ambição estratosférica que Plath e Sexton partilhavam. Ambas queriam ser mais do que grandes escritoras; queriam nada menos que se tornar o núcleo da mitologia da consciência moderna. Plath suplantou Sexton porque - como disse Marilyn Monroe, falando de si mesma - sonhou mais alto. 

(...) 

Ao contrário de outros escritores da sua geração, Plath percebeu que os mundos da arte nobre e da cultura popular vinham convergindo. Quando criança, ela ouvia o Super-Homem e O Sombra no rádio. Destinou uma carta a uma paródia de Dragnet. Sentia-se tão atraída pelos romances best-sellers quanto pela arte nobre. Antes de se formar no segundo grau, havia lido três vezers E o vento levou. Antes de entrar na faculdade, publicou um conto na revista Seventeen e logo se tornou uma protegée de Olive Higgins Prouty, autora de dramalhões de sucesso como A estranha passageira e Stella Dallas, a mãe redentora, apresentado como  série radiofônica de 1937 a 1955.

(Isis Americana - A vida e a arte de Sylvia Plath)
























eforesti










Fui ao supermercado agora à noite, comprar sálvia para uma receita deliciosa que aprendi sozinha, pedi dois pães ao padeiro lindo - nunca olho diretamente pra ele, pelo fato de ele ser bonito demais, Ele coloca os pães no saquinho pardo,  depois devolve ao cesto, trocando por outros dois que, imagino, considera que estão melhores. Aquilo me emociona, digo obrigada, e vou embora.
















Harvey na laje.




thailaayala








29.3.15









detalhe do vestido bordado Zuzu Angel.















F. passa uns dias com os índios. Domingo boring. Todos os dias são espetaculares, mesmo os tristes. "Nesse mundo, o única coisa horrível é o tédio. Eis o único pecado para o qual não há perdão". (Oscar Wilde). Venta e coisas da sala voam. Por que meu anjo da guarda não houve minha súplica? 




















trilogia
chagall - rilke -wenders










28.3.15

                         
                                                                    thehughjackson





Bjork









28.3.15




















Na mesma sequência, Xuxa mostra os pássaros soltos na sua casa, pois gosta de ver os animais livres. Depois a jornalista pergunta como ela consegue dormir com o ar condicionado a toda. "Ah,com edredom de penas de ganso" - Xuxa responde com aqueles dentes de coelho.








Considerações sobre Babilônia   Que fofura o menino, filho do Gabriel Nunes. Ainda não sei o nome dos personagens. Como diz a Maria Angélica,  quem pode resistir a uma criança de oclinhos? / E aquele cara que quer imitar o Gregório Duvivier? Oloko / Camila Pitanga em busca de justiça. Se for a novela inteira, já aviso: não vai rolar. / O Thiago Fragoso salva o casal. Eu só tinha assistido Amor a vida, onde ele fez par com o Matheus Solano: me emociona. Um mocinho ótimo ator é muito bem-vindo. Camila tb é boa atriz, mas o personagem certinho demais não ajuda / Etc. 










26.3.15



Fui ver O amor é estranho. Dois homens que vivem juntos há 40 anos resolvem oficializar a relação. Em determinado momento relax um deles comenta suas infidelidades com o parceiro, mais ou menos assim:"E aquele rapaz do Rio que queria me assaltar?"









bert stern


















Babilônia mostra que  João Emanuel é o melhor novelista do Brasil. 










nicola bealing













“Garotas do meu Brasil varonil: vou dar a vocês um tostão da minha voz...!”




Zé Bonitinho, único. Que descanse em paz.























Estou lendo duas biografias simultaneamente: Nada será com antes, e Ísis Americana. Sobre Elis e Sylvia Plath. Duas bipolares. Só na primeira biografia da cantora, o delicioso Elis Furacão, soube que Elis alternava fortes depressões e euforia. Seu gênio de cão era bem maior do que eu pensava: ela não era fácil.  


O massacre sofrido pela cantora Cláudia, humilhada publicamente por Elis, é de apertar o coração. No dia da festa de seu casamento, Bôscoli sumiu por uns instantes: estava trancado com uma mulher no banheiro. Milton Nascimento se apaixonou perdidamente por Elis, e enviava músicas pra ela como forma de beijos.

(cont.)







25.3.15


Leila Diniz faria hoje 70 anos.



Gata de peixes.






















brunogagliasso






















Redijo meu livro à mão porque não tem problema se for garranchão, e sempre é, mas para escrever a sério complica. Sempre adorei papel e caneta, ainda adoro, mas tenho tido uma dificuldade enorme para manter uma letra bonita em textos longos, além de me sentir cansada logo. Estou fazendo o bloWg em moleskines pequenos, e acabo riscando uma outra palavra, mas sempre existe a desculpa de que é charme. Sol, muito sol. Ganhei presentes vindos por correio: água de colônia e bloco personalizado. Felicidade é sedex. No mais, é isso aí.












"Romance: arte de destelhar casas sem que os transeuntes percebam" Carlos Drummond de Andrade










A maior parte do estresse que sentimos não vem de ameaças à nossa vida, mas ao nosso ego, à nossa autoimportância. Há duas regras para lidar com o estresse. Regra número 1: não se preocupar com ninharias. Regra número 2: tudo é ninharia.

(Susan Andrews - extraído de "O pequeno livro da sabedoria", Lauro Henriques Jr. (Org) - do Instagram de Desculpe a poeira) 













Greta Garbo











o
   céu
         era
açuc ar  lu
minoso
             comestível
vivos
        cravos tímidos
limões
verdes  frios  s choc
olate
s.
so  b,
uma  lo
co
mo
     tiva    c  uspi
                        ndo
                              vi
                              o
                              letas.



(e.e. cummings - traduzido por Augusto de Campos)












Um beijo, Elton John


#68































24.3.15


Eclipse solar / cnnireport


























pintura de Jade Jagger - Instagram










Na primavera de 1959, a The New Yorker rejeitou um poema, "A Winter's Tale", mas o editor sugeriu que Plath tornasse a submetê-lo à apreciação depois de mudar uma linha no terceiro verso, "cabelos louros com os de Marilyn", em referência às auréolas dos anjos numa cena natalina. Essa fusão do sagrado e do profano, digamos assim, foi substituída por uma mais moderada: "auréolas lustrosas como Sirius", a estrela mais brilhante no céu, pouco depois de Plath ter seu sonho com Marilyn.

(Ísis Americana, de Carl Rollyson)











Marcelo Rubens Paiva ‏@marcelorubens  2 minutes ago
JN ignorou clássico Corinthians x Portuguesa. Que fase...





































































Caderno de sonhos dos outros  Marilyn Monroe me apareceu ontem à noite num sonho, como uma espécie de fada madrinha. (...) Falei, quase em lágrimas, de quanto ela e Arthur Miller significavam para nós, embora possam, é claro, não nos conhecer. Ela fez minhas unhas com perícia. Eu não lavara os cabelos e lhe perguntei sobre cabeleireiros, dizendo que aonde quer que eu fosse, eles sempre me impunham um corte horrendo. Ela me convidou para visitá-la durante o feriado de Natal, prometendo uma vida nova, florescente.

Sylvia Plath

Do livro Ísis Americana, de Carl Rollyson



mm e sp









23.3.15


‏@AFP  2m2 minutes ago
German Chancellor Merkel and Greek PM Tsipras attend a welcoming ceremony in Berlin #AFP #PHOTO by John MacDougall 















Vestido de Laerte, curta premiado, com Laerte Coutinho. 











Me lembrando do dia em que a caixa d'água da Vira-lata transbordou, a livraria estava fechada e estragou todas as fotos originais do Walter Firmo, para uma exposição que estávamos preparando. Ficou uma grudada na outra. Eu fiquei tão tensa, preferia dizer a um delegado: "Sim, fui eu que matei fulano" do que dizer ao Firmo: "Eu estraguei todas as suas fotos". Foram dias de pura agonia. Mas o Nelson, um amigo fotógrafo, conseguiu um restaurador - ou coisa assim - que, milagrosamente, salvou as fotos. Firmo riu muito quando soube de tudo. Um gentleman gente finíssima.



























historyphotographed
Há 34 minutos
Adam West as Batman filming a road safety advert in the UK, 1967.











Para tudo É preciso que se faça alguma coisa para que a linda Camila Pitanga não entre na lista  das personagens mais insuportáveis de todos os tempos. Numa época que os vilões se transformam em fofos, como Félix e Carminha, as mocinhas deveriam ter alguns defeitos, mais malícia e menos chororô. Ela é chata, chata, chata. Dá saudade da Bebel.  #babilonia






22.3.15





Um Querido.


















Onde você guarda teu Oscar?


via


Uma escultura como outra qualquer #chorahollywood







22.3.15




















MC. no Facebook

(...)
Aqui eles só atravessam a rua quando o sinal de pedestre está verde. Em qualquer situação. Digo: qualquer. Mesmo se não tiver nenhum carro vindo a 845784387 km. Não importa.
Aqui eles não gostam de indecisão. O garçom chegou, é bom você já saber o que quer. Pediu a conta, é bom já ter o dinheiro na mão. E eles quase não usam cartão.
O caixa de supermercado trabalha sempre numa velocidade absurda. Enquanto você estava piscando ele já passou 10 mil itens.
O metrô não tem catraca. Mas se você é pego por um controlador são 40 euros.
Ah! E uma dica importante: tente não levar bronca em alemão. Você pode ficar um pouco traumatizado...
— em Köln – unsere Stadt.
















Não canso de ouvir. O  sotaque delicioso do Sergio Endrigo cantando A Rosa, com o Chico.











rick gervais










Substituí o celular pela vozinha do wpp, por dois motivos: é vapt vupt, e se a gente não puder falar aquela hora, respondemos depois. Mesma coisa a msg escrita. Se não não dá pra atender celular, e por isso não atendemos, pode dar impressão de que se está evitando quem ligou. Não deveria ser assim. André B. disse uma vez: "O fato de eu ter celular não significa que estou disponível". 

Eu atendo poucas vezes, motivo: celular desaparecido dentro de alguma bolsa, sacola ou, na pior das hipóteses, de um táxi. No wpp, se você não está na quinta série, sabe que a pessoa leu mas não pode responder no momento. Às vezes mando 4 mensagens de voz seguidas pra minha filha e ela diz com aquele tom que ela usa quando não quer ofender: "Mãe, para..." Risos.

:P




20.3.15


Acordei cedo mas só tomei o café da manhã uma da tarde: sorvete de pistache com chocolate. Mmmm.













via rihannadaily










 Subir 9 lances de escada é o mesmo que caminhar meia hora.









Feliz aniversário, meu amor!





#34


março, aniversário de todos os lindos.












19315























Margarita Cabrera's cacti














O problema de escrever todo o livro a lápis é que depois é tedioso passar para o word, sem fator surpresa.

















Vem aí. Al Pacino: Scarface remake.















N.


- Ouvi dizer que estão fazendo um abaixo assinado para tirar a Globo do ar. Antes [nas novelas] era assunto de amor, homem sofrendo por mulher, mulher sofrendo por homem. Agora não. Pronto. A filha da Gretchen tá com a faca e o queijo.

(rs)


















"Minhas crianças não podem ver a maioria dos filmes em que eu atuei porque ou eu morro ou eu tiro a roupa" - Kate Winslet / O Globo














‏@charliesheen
Barry Satera Kenya
u won't attend a
soldier's funeral uhkros
da street that u kild
yet u hav time
4 brackets?
s a d




















Parabéns, Bruce.




#60























PACIFICAÇÃO nas favelas.

















Caroline Kennedy, embaixadora dos Estados Unidos em Tóquio, está sendo anonimamente ameaçada de morte. Gente, não. 


















                                                                   Querido São José.








18315




















via Mika Lins














via Mika Lins




















katie holmes e jamie foxx: namorando desde 2013



















diário de um ex-comendador










alexandrenero
Há 2 horas


Hoje aqui em Paris, no Pompidou, um cano estourou e o pessoal da limpeza fez uma belíssima instalação com baldes para evitar que a água se espalhasse pelo museu. Foi até isolada com "fitas de limite" como as obras de arte ao redor. Quando eu estava fotografando seguranças disseram: "No!". Obedeci no momento por não conseguir argumentar em Francês (meu francês é pior que de um poodle). Achei que, pelo menos na cidade que comportou os maiores e em um dos principais museus de arte contemporânea do mundo, eu poderia escolher o que é ou não arte pra mim. "NO!"
Pensei: Será que os seguranças se achavam críticos de arte, ou seriam os críticos de arte que sempre se acharam seguranças, guiando o público pra onde ver, limitando-os e assim impedindo-os de "chegar perto" de obras?


















                                                        Chega de americano.














































@Seinfeld_Brasil
Kramer e Newman fazem panelaço com as panelas de Jerry. Elaine paquera o neto de Inezita Barroso em seu velório. George canta Marvada Pinga.















17315







Elis nos arquivos do bloWg





"Eu vi a Rita Lee lambendo o microfone. Passei anos da minha vida com vontade de fazer isso e com medo de ser eletrocutada."









Lembro de um show que Elis Regina fez no Hotel Nacional, em São Conrado. Era uma platéia pequena, embora ela já fosse considerada a maior cantora do Brasil. Usava um vestido florido, um pouco abaixo dos joelhos e, de repente, o decote mostrou mais do que deveria. Um homem assobiou na platéia, e foi imediatamente repreendido: "Olha o respeito". Isto é Elis. Geniosa - como todo mundo sabe, morava numa casa branca na Avenida Niemeyer e, durante uma briga violenta com Ronaldo Bôscoli, foi lançando em direção ao mar todos os discos de Frank Sinatra, colecionados com carinho pelo marido. 


Um outro episódio mostra uma Elis mais romântica: numa reuniãozinha em sua casa, passou um bilhetinho para César Camargo Mariano, que deveria ser lido no banheiro. Era uma declaração de amor. Supertímido, o pianista fugiu pela janela.

Miéle, parceiro de trampo & uísque de Bôscoli, contou que Elis Regina não tinha muita cultura escolar, e não sabia nenhuma outra língua a não ser português. Quando foi fazer um show em Paris, carregou a dupla. Depois de duas semanas, foi chamada para dar uma entrevista em um jornal francês. O marido e o amigo ficaram preocupados catando um tradutor. 

Quando ela soube ficou furiosa e disse que não precisava de tradutor nenhum. A cantora, vocês sabem, tinha um gênio de cão. Eles ponderaram: uma coisa é entrar numa loja, ou pegar um táxi, outra é responder perguntas complexas. Pois bem, no dia marcado, foi entrevistada e respondeu tudo 
que foi perguntado. Elis aprendeu francês em duas semanas!

Um amigo me conta duas historinhas, uma singela e outra cheia de humor. 


1) Quando foi gravar Elis e Tom, em Los Angeles, ficou hospedada na casa da cantora Wanderléa, que morava lá porque os recursos médicos americanos podiam ajudar seu marido Zé Renato, impedido de andar depois de um acidente na piscina. Era uma casa linda e cheia de empregados. Mesmo assim, todos os dias antes de ir para o estúdio, Elis acordava cedo, deixava as roupinhas dos filhos separadas, e a comidinha feita. 
2) Cozinhava superbem e já era muito famosa. Quando algum amigo ia almoçar na sua casa e elogiava a comida, ela respondia "Você precisa me ver cantando". Haha.

Essas são algumas das coisas que me lembro te ter lido sobre ela. Para minha alegria, acaba de ser relançado "Elis Furacão" ... 
Mais.


















































































“I’ll be back!” - BATISTA, Eike.





















A Chanel vai tabelar seus preços, e vai valer para o mundo inteiro. Ontem mudei de nome. Assino com aquele que não é mais meu e, quando preciso, marina w. "Cheia de homens falsos", eu disse à moça, em vez de dizer nomes falsos. Escrevo, mas o livro não tem uma espinha dorsal. F.G. se internou em uma clínica para parar de beber. Offline. "Torce por mim"- ele diz. Casa com piscina, o escambau. A gente diz que vai torcer, mas quando percebe está pensando que o quadro que está em uma parede ficaria melhor na outra. Março com os olhos vendados, pago as contas sem saber meu saldo bancário. Temperatura: amena. Grau de entendimento: razoável.











@michelmelamed
Se você é a favor da ditadura, por que não se comporta como se estivesse em uma e para de emitir opiniões?












































camila






Babilônia, cap 1/ considerações Uma vibe totalmente João Emanuel: duas mulheres e um passado. Ninguém esperava pelo beijo terno trocado por Nathalia e Fernanda. A interesseira Maria de Fátima e o milionário Gabus Mendes again. Não gosto do Gabriel Nunes. O marceneiro é um gato. 













Hoje Elis faria 70 anos. Foi a morte de artista que mais me deixou triste.


















Quando Milton Nascimento soube da morte da Elis, pela televisão, "um furacão devastou os sentidos [de Milton], tornando-o sem voz para gritar e sem ouvidos para atender o telefone, que passou a tocar impiedosamente. Assim que os amigos chegaram, souberam da notícia e perceberam seu estado de choque.  Olharam-se e decidiram colocá-lo em um carro para seguirem em silêncio até uma praia deserta e distante. Quando avistou um barco atracado, vazio, Milton disse apenas:"É aqui." E ali ficou, por um dia.

(do livro Nada será como antes - de Julio Maria)





Invento um cais.











16.3.15































































Que lindo:






valterhugomae
Há 2 horas
















‏@cesareotinajero
O GIGANTE ACORDOU PRA ASSISTIR BABILôNIA
















15.3.15

















Wim Wenders / Denis Rouvre
















:)


Se eu achava ela linda, agora acho muito mais.










19h Ouço um barulhão, vou na janela olhar, é um panelaço. Não sei o que essas pessoas querem. Algumas gritam "Fora Dilma, fora PT". Então seria o Eduardo Cunha? As panelas batem mais forte. Quem são? Na tevê, manifestantes pedem a volta dos militares. Artistas morreram-ou-estão-na-record usam faixas verde&amarela na cabeça. O que querem? Pergunto porque não sei. O barulho fica maior e parece um filme de terror. No momento só podemos querer o possível. Um terceiro turno para dar Aécio? E se não der? Faz um quarto e depois um quinto? O que querem? Eduardo Cunha? Generais? Pergunto porque não sei.
















Selfies com Bolsonaro. Abaixo o marxismo e Paulo Freire. Mãe, não arrumei o quarto para arrumar o Brasil. Overdose de VA.











Que bom que não vivemos uma ditadura e todas as pessoas podem se manifestar, contra ou a favor do governo.
















Sobre a cobertura de mídia dos protestos: há um ano povo na rua era chamado de baderneiro ou vândalo. Hoje virou manifestante. (via twitter)






hoje




SEM LEGENDA











Ontem



midianinja











14.3.15








:D















Parabéns!



Grande Lúcio Mauro.
#83








@__Beyoncee__  2s
That's because I'm jealous. 🎶
B. 















History In Pictures ‏@HistoryInPix 1 minute ago
Charlie Chaplin with his daughter Geraldine on his 70th birthday, 1959.

















Via Glamurama.

















#mood



















Manguinhos, seis da tarde. A areia estreita se perde de vista e o mar está deserto. Ela entra dentro dele e vai andando, andando, andando, a água sempre um pouco acima do joelho. A areia é viscosa. É preciso ir mais longe, muito longe. Ela olha para a praia e é quase um ponto. Haverá tubarão? O céu está confuso de nuvens, as ondas são curtas, a água está na temperatura de uma fonte. Até que finalmente mergulha.







Sensações.












Parabéns, Michael Caine!




#82

Um dos meus atores prediletos.












13.3.15





guggenheim:  #AnishKapoor
guggenheim: The geometric works of Iranian artist #Monir and #FrankLloydWright 
mymodernmet: Richard Wilson perched a full-sized bus #sculpture on the edge of Hong Kong's Peninsula Hotel. The work is inspired by the 1969 British heist movie "The Italian Job."















A manchete do Globo é sobre a corrupção no governo do Rio, envolvendo  Sérgio Cabral (Oh!) e Pezão (Oh!). Mas em vez do Sérgio Cabral, o jornal coloca uma foto da Dilma com o Pezão. Quer dizer. 
















Correspondência eletrônica
Assunto: Happy Friday! 
Hi Marina, tudo bom?
Fotos lindas do Sinatra – I love him.
Tensão em Sampa – manifestações here, there and everywhere....
Acho a argumentação – de todos os lados – primária  - e me deixa triste; p/não dizer tristíssma.
O Brasil merecia um destino melhor – e não esse bando de gente cafona por todos os lados.
Tô começando a achar q é esse o nosso karma.
Q linda foto do Drummond – putz!
Bjs, C



































rollingstone
Há 10 minutos
 #BryanCranston












midianinja
Há 13 minutos
Depois de receber proposta de aumento de apenas 33 reais, Garis cruzam os braços outra vez no Rio - 


O bloWg está sempre ao lado dos nossos heróis cariocas.






12.3.15



Você precisa de um blog pra chamar de seu / mesmo que esse blog seja meu.





















patriciapillaroficial
Há 31 minutos
#NotíciasdaNasa - Lua Ganímedes, na órbita de Júpiter, possui um oceano por baixo de uma crosta superficial de gelo, elevando a probabilidade da presença de vida. @nasa #nasa















A courting couple on the bank of the Seine, Paris, 1954.
Fred Van SChagen












Giancarlo Del Monaco, diretor. Uia! (do Instagram Glamurama)

















Kate Middleton visita elenco da série ‘Downton Abbey. Via @informeRJO
















Aceitas a chuva, a guerra, o desemprego e a injusta distribuição / porque não podes, sozinho, dinamitar a ilha de manhattan.


Um dos poemas mais lindos ( e bem lidos ) do poeta,
O ouro de Itabira - como diz Ana C.