Acidente de tráfego

Nós vivemos a temer o futuro; mas é o passado quem nos atropela e mata.
Mário Quintana

















Liv Ullmann e Cate Blanchett / Foto de Brigitte Lacombe








Bú!









(...) porque você e eu a gente é feito de matéria
escorregadia, i.e., manteiga, azeite, geleia e espanto.

M.Campilho








Que país é esse?
























28.4.15









          

André Abujamra - FSP









        A lojinha da marina w.










OnThisDay & Facts ‏@NotableHistory  
Paul Newman and Joanne Woodward shopping in Paris, 1959
Para Ledusha






























Wow, ou melhor

MarinaWoW





























"Isso é alguma coisa como Aladim?" - Rodrigo Goularte, ao recusar últimos desejos antes de ser executado.













Num país que se encontra em estado de tremenda caretice é doloroso ver um provocador morrer. 

















"Abujamra morreu. Sinceramente? Acho que ele deve estar rindo."
 Angela Scott Bueno.














28.4.15






Que mané medina

@brasil_fotos

Arduíno Colassanti, com a famosa "porta de igreja", que usava para surfar - Anos 50


E fumando, amore.











Chico Anísio, Vinícius e Chico Buarque jogando botão. Anos 60.  via @brasil_foto





















Adoro nomes. 






Correspondência
Re: Jóquei
(...)
Quanto a nomes, contei para minha mulher a Ana Lúcia e ela se lembrou da nossa viagem ao Chile em 2010:
Saímos de Santiago alguns dias antes do terremoto, mas o interessante é que fomos nós dois, nosso filho Thiago e minha mãe - que se chama Pascoa.
Pois então contratamos um motorista com van para nos levar a Viña Del Mar. Chamava-se Carlos Silva e queria decorar nossos nomes.
Ana é fácil decorar. Minha mãe logo virou Páscoa da Ilha de Páscoa, e o Thiago virou Santiago.
Agora Aclyse... Ele me chamava de Aclístoles, ou para ficar mais grego ainda me chamou de Atlantis.

Nunca me senti tão mitológico. Se bem que Aclyse foi uma deturpação de Achiles, que era como o meu avô deveria se chamar.
Que bom que você está com um bom projeto.
Eu também terminei o doutorado e agora estou de volta aos recitais e a escrita livre.
Também consegui finalmente ter um estúdio em casa para escrever: conclusão, estou revisando aquelas pastas de poemas desde minha infância.
Estes poemas em anexo foram alguns que redescobri.
Aguardo o poema da Matilde e pode me usar como leitor do seu livro se você achar que tudo bem.
Beijão
;)


Aclyse de Mattos, que tem nome de rua do Leblon, é meu poeta do coração. É fácil ser poeta, difícil é escrever poesia adulta.







Correspondência
bloWg
(...) Sobre o texto de Hilda Hilst: Teu blog é a mão fria na minha testa febril...
D.














"Get the fuck outa my house"
crédito: todas as redes sociais de hoje