Deus e o diabo na terra do sol















Caderno de sonhos dos outros Marina Dabliú, sonhei com você! Eu ia a um show do Rod Stewart num teatro aqui no Rio, e você fazia uma participação especial, cantando uma música linda, que eu não lembro qual era rsrsrs. No final do show, eu fui no camarim dar um beijo em você e tinha coquetel delícia, com comidinhas e bebidinhas maravilhosas. Cadê Freud agora?
(Ana Paula Medeiros)




A-mo.














@michelmelamed 
A fantasia mais bonita desse carnaval, por enquanto, é encontrar o amor.


























O peixe Não queria me importar com a natureza. Natureza já é um modo errado de se expressar, porque fazemos parte dela. Não é uma outra coisa, não é o resto. Mas vamos usar o termo natureza mesmo. Queria me importar zero. Como Ir. dizendo que o jeito era cortar a amendoeira, porque sua raiz ia fazer e acontecer. Ela contou, coisa que eu não sabia, que a raiz de uma árvore é do tamanho da sua copa. A árvore é enorme, então sua raiz passa por baixo da varanda, pronta para fazer estragos.

Estou falando tudo isso por causa do peixe.

Eu queria pouco ligar. Ser indiferente, mas sofro até por aquelas plantinhas que nascem no asfalto, ou de pedras. Tento não pisar nelas. O pescador sai do mar com um peixe enorme. Fatia em postas. Ele usa uma bermuda com o rosto do Che Guevara.

Os cachorros magricelos. 

Mas a pontada aguda aconteceu quando fomos ao chaveiro. Havia três aquários.Num deles um peixe muito grande, do tamanho do aquário. Ele parecia não ter vida, embora nadasse no cubículo. Ia pra frente e pra trás, de ré, e as vezes tentava fazer uma curva, seu corpo rente ao vidro. Seus olhos grandes, o corpo quase transparente, sem nenhuma cor.

- Aquele peixe, coitado, ele não é para um aquário.
- Está lá desde que nasceu. Cresceu, mas o aquário não.

Pela  resposta mecânica, e que intencionava ter humor, dava pra notar que ele já tinha ouvido esse comentário muitas vezes na vida. Desejei que ele morresse.

- Não sobrevive no mar.

Sim, não tem experiência. Nem desconfia que existe um lugar que é dele, que ali é uma falsa vida, matrix. Mesmo assim deveria ser jogado ao mar. Se vivesse um só dia seria jogo. Se aproveitasse alguns minutos de liberdade, seria jogo. Ele apenas existe para a satisfação do dono da loja de chaves.


Queria pouco ligar. Como pessoas que comem cordeiro, coelhos etc.













Estava pensando em deixar   Parei de comer peixe também, e é uma coisa que não vai me fazer falta, nunca gostei muito.

Agora é me preparar para a reação das pessoas:

- Nem peixe????????????????

Como se eu fosse uma louca extravagante. Ser vegetariano é um defeito, é a pessoa que atrapalha os cardápios, ouve deboches e provocações "Adoro uma picanha mal passada, aquele sangue..." Você gosta, é? Ué, come. O problema é seu. Por que um vegetariano ofende tanto um carnívoro?












filhote de ovelha com carneiro: cordeiro.












Pecado capital: tenho quase todos (soberba nunca). O principal: Ira.





Cachorro comendo neve.










@michelmelamed  

Viver tem exigido todas as horas do dia.














Recém apresentado a Djavan, o ator conhece Caetano Veloso. E também curte Jorge Ben Jor. "Eu estava agora no outro quarto tocando "Taj Mahal", diz, sorrindo para não soltar: "Taj Maha-a-a-a-a-al, Taj Mahal!"

Meu garoto.











25.1.16



quero comer a sombra fugaz de tuas sobrancelhas


O principal. Fui fazer hora na Timbre.  Quando entrei vi uma cabeleira branca, brilhante como a do David Lynch, na Travessa, porém sem o topete, eu sabia o que estava por vir, ele olhava um livro, a cabeça abaixada, segurava outros oito em uma das mãos: Antonio Fagundes. Que homem lindo. My God. Abri um livro qualquer, sorte ser um lançamento, poemas do Pablo Neruda, fiquei semi concentrada, encantada, ele com oito livros nas mãos, preciso sair dessa vida de twitter etc, pensei, os poemas lindos, fiquei concentrada nos poemas, o ator irônico e levemente arrogante, lindo demais. Neruda, Fagundes, acabei comprando a autobiografia dos últimos dias de vida do Stefan Zweig.

Putz, que homem lindo.


............................




Preocupada com A. e suas filhas. Que tudo seja como o melhor pode ser. 



...............................















Todos nós só queremos ter um amor.












Baixo Gávea
As meninas conversavam cada uma na sua cabine de banheiro.
- Aquele baixinho?
- É. O cara é o maior cafajeste.
A outra concordou. Minha amiga bateu na porta.
As duas saíram, dando duas pancadinhas com a mão fechada no peito: "Vitória na guerra!"

O menino pediu moedas e perguntou: "Ele é rico?"
Respondemos: "Não, é ator." Ele disse que dois reais tava bom.
O rapaz paulista fez coraçãozinho com as mãos.

O ator e seu namorado. O grupo cantava "Alalaôôôô ô, mas que calor alaôalaô".

O homem solitário falou "Islamistas!". "Mas é música de Carnaval" - eu disse. "Islamistas!" E disse que os autores eram Marcos e Paulo Sérgio Valle. "Que absurdo" - retruquei. Apostei o cardápio e ele riu.

Na hora de pagar o táxi quis dar mais, por conta de uma dívida. Minha amiga não aceitou. Toma o dinheiro, devolve o dinheiro, toma, pega, devolve, motorista fica com o dinheiro, não fica, jogo no banco da frente. Subi. Sete andares depois meu filho pergunta: "Por que você estava brigando ou se atracando com sua amiga no táxi?".


Agora preciso me mudar.






update/dias depois achava que brigando e se atracando eram a mesma coisa.









Antes Cortei o cabelo, Adoro cortar o cabelo, sensação de que tomei um banho de cachoeira. Dra. Rosa Célia: obrigada por eu viver na mesma época que você e, aos domingos, dividirmos o mesmo espaço. "Não brigo por coisas, mas por causas". Lições de vida, morar num porão, onze anos sem ver a rua. Obrigada por você viver nesse mundo - eu disse.

Refazer tudo, recomeçar do zero. Quase zero. Quase.

A partir de amanhã o blog será transmitido no Instagram.

Um beijo para todos.






























24.1.16




Oi, você já deu bom dia para seus sete octilhões de átomos hoje?












Algumas das coisas que Jorge Mautner acha fantásticas: o fato de elefantes visitarem as ossadas dos seus antepassados; os “neurônios saltitantes” que carregam informações por saltos de luz; imaginar que bactérias façam sexo; o som rascante da rabeca. (O Globo)




23.1,16





L.F.














Aristotle e Jackie, na Ilha de Skorpios













@



No livro A Casa da Mãe Joana, Reinaldo Pimenta explica que o símbolo surgiu durante a Idade Média. Naquele tempo, os livros eram escritos à mão, pelos chamados copistas. Os sinais e abreviaturas simplificavam a grafia das palavras e economizavam tinta e papel.

Foi assim que o termo latino et se transformou em &.

O arroba (@) era utilizado inicialmente para substituir a preposição latina ad, que entre outras coisas significava "em casa de". Na Inglaterra, o símbolo aparecia com frequência para definir os preços de mercadorias ("10 @ L3" queria dizer "10 unidades ao preço de 3 libras cada").


No século XIX, quando mercadorias com esta marcação chegavam a portos espanhóis, os estrangeiros a associaram ao desenho de uma unidade de peso chamada arroba. Daí sua denominação.


(Guia dos curiosos)


















~ Mas em composição cubista / Meu mundo thelonius monk`s blues ~



O pianista Thelonious Monk é considerado um dos mais importantes músicos do Jazz.





















Eddie.







Charlotte mandou mal.
Sempre lembro de um discurso muito legal que o Eddie Murphy fez no Oscar, sobre a ausência de negros. Foi muito comovente.






22.11.16







Um minuto de estresse na sua vida traz consequências para o seu corpo que você vai demorar seis horas para eliminar*. Ou seja.


*SJ