Nesses tempos de ódio é bom andar amado.

(via giba gil)
















MC/ Marrocos


Completamos 20 dias de viagem em pleno deserto do Saara!

Após inúmeras horas de ônibus, chegamos a Merzouga, em meio a forte tempestade de areia. Nos avisaram que seria difícil que conseguíssemos ir para as dunas. Ficamos arrasados pois as tempestades de areia podem durar dias e não tinhamos esse tempo disponível, visto que em breve pegaremos nosso voo para África do Sul.

Depois de umas 4 horas, em torno das 9 da noite, o céu abriu completamente, com a lua cheia e um monte de estrelas. A espera valeu a pena porque tivemos a sorte de viver uma experiência que poucos tiveram: andar de camelo a noite, apenas sob a luz da lua e estrelas nas dunas do deserto do Saara!

Andar de camelo não se parece em nada com andar a cavalo, acredite. Andamos por 2 horas e depois não conseguíamos caminhar por um bom tempo. É muita dor!! A sensação não é nem um pouco confortável, mas nada estraga o momento, com a lua iluminando cada passo.

Dormimos numa tenda e na manhã seguinte fizemos o mesmo trajeto com o camelo, mas agora de dia. Alain decidiu voltar andando, o que não foi tarefa fácil. O percurso era de apenas 8km, mas contornar cada duna leva um bom tempo. Os locais, pertencentes ao povo bébere, nos ensinaram a fazer turbantes, muito úteis e aconselháveis para combater o sol e possíveis ventanias de areia.

Na volta, outro fênomeno: uma tempestade de neve. Parecia que estávamos nos Alpes, com todas as montanhas nevadas e um frio absurdo. Incrível como pudemos viver uma tempestade de areia num dia e uma de neve no dia seguinte. Coisas que só acontecem no Marrocos!


...............................

Neve!

















David Letterman diferentão



22.3.16






via juliana belo
























O topo da cadeia alimentar.

Salve, Jorge!






#71