Manhã

Deslumbro-me
de imenso
















Giuseppe Ungaretti
tradução: Haroldo de Campos