19716


Carlito Azevedo
2 min ·
Mais um canceriano faz aniversário: Maiakóvski! O que disse que nos outros o lugar do coração é no peito, mas que no caso dele a anatomia perdeu a razão, pois é "todo coração". O que disse que "qualquer 'eu te amo', mesmo sussurrado ao pé do ouvido, é como uma sirene repercutindo numa aldeia em chamas. O que disse certa vez para a amada: "esta noite / não te vestirei com vestidos caros/ mas / no máximo / com a fumaça do meu cigarro". Fica como homenagem esse poema de Augusto de Campos (as palavras estrangeiras lá no fim, querem dizer a mesma coisa: "vida" em russo e em polonês). Mais um gigante que, como diz o verso de Marina Tsvetaieva, "devolveu o ingresso ao criador".