04:04 Escrevendo blog quatro da manhã, assim vou longe. Conversinhas com M. Não sei como consigo conviver como com tantas novidades, sem o auxílio de A., minha deusa. Deixei cair minha espadrilha na floresta (licença poética). O maior dos luxos é não ter nenhum tipo de compromisso na segunda. Semana que vem vamos aos museus.  Noites entrecortadas. Sonhei que ninguém do meu grupo de amigos de adolescência, que no sonho era de trabalho, podia saber que eu e M. estávamos namorando, e para disfarçar ele deu uma flor para uma mulher que se parecia com a Eliane Giardini. Apartamento na Glória. Reviravolta para melhor. Deus chutou para o gol.