Hoje fui ao cartório no centro da cidade, adoro aquele metrô da Estação Carioca. Muitas bancas de livros. Olha que lance: ontem de noite eu queria porque queria ler Braz Cubas. Não achava em canto algum, impossível estar nessa casa. Então eu olhei para a banca e dei de cara com um exemplar. Entendi com um sinal. Dois reais. Banca de dois reais, fiquei louca, comprei cinco livros por dez reais. Além do Machado de Assis: Breve romance de sonho, A mulher desiludida, Morte em Veneza e O fio da Navalha.



Isso sim é felicidade.