Sobre Aquarius não há muito o que falar, não é? A crítica adorou, o público também, a Ana Muylaert abriu mão do seu filme (Será que ela volta?) para que Aquarius representasse o Brasil no Oscar. No entanto, ele foi trocado por um filme considerado bastante ruim. A direita odiou a performance em Cannes. No twitter, Artur Xexéo vibrou porque o filme não levou a Palma de Ouro. Tá mais do que explicado. Sonia Braga, considerada pelos críticos uma força da natureza, não mereceu nenhuma capa de revista.