via










André Trigueiro

Marcelo Crivella vai administrar uma cidade que já se orgulhou de ser cosmopolita, plural, inovadora no campo das artes e da cultura, tolerante com as diferenças de credo e de gênero. Será o Prefeito da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro (Oxossi, na Umbanda). O Rio que não pertence a nenhum grupo político ou empresarial, a nenhuma religião, a nenhuma escola de samba ou time de futebol. Ser Prefeito do Rio é assumir o compromisso com essa diversidade, pois é dela que vem a nossa força e a nossa identidade. Que nos próximos 4 anos, o Rio seja cada vez mais de todos. Pois que se não for assim, o que será?