Acho o Pedro Cardoso gênio. Não assistia A Grande Família, mas gostava de saber que estava lá. O mesmo aconteceu quando acabou A Escolinha. Me deixa insegura. Como viver com a Escolinha do professor Raimundo fora do ar? No meio do ano, o ator deu uma declaração que não agradou parte do público, porque estava fora do esperado. Sobre sexo. Achei interessante justamente porque era uma opinião contrária ao estabelecido. Falou que achava desnecessário as mulheres tirarem a roupa em cena.


(E também que a TV Globo tinha desprezado seus projetos. Verdade: Se a Globo não deu resposta é porque desprezou)


Os programas de entrevistas começaram a convidá-lo para divulgar suas duas peças em cartaz. Então tem mil entrevistas recentes. Para ver o circo pegar fogo, claro.


(Eu era universitária quando fui ver A Porta, comédia besteirol que ele escreveu e atuava. Pensei que fosse morrer de tanto rir)


Em vez de estar montando caixas de mudança - o que eu demoro pra fazer em três dias, com F. fiz em impressionantes 20 minutos - fiquei vendo entrevistas do Pedro Cardoso, no Youtube. Adoro entrevistas, mas hoje fui a lugares nunca antes percorridos.

Comecei com Fábio Porchart. Achei tão interessante a lucidez do ator, que passei pra Luciana Gimenez - zero burra, morou em uns oito países, 6 anos em Paris, não sabe português direito e comprou esse mote de tontinha. Ela é bonita  e engraçada. A entrevista foi ótima e ele mencionou que gostou muito da conversa com o Gugu. "Gugu nãoooo", pensei.


A última vez que eu tinha visto o Gugu ele era um pintinho amarelinho. Levei um susto tremendo, provocado pelo tempo. Está ou esteve gravemente doente? A voz bem esquisita, o rosto estranhão. O chato é que você precisa ir adiantando o vídeo para evitar a narradora, e aquela coisa cafoníssima de congelar o rosto do entrevistado antes da resposta. Sensacionalista.


Pedro Cardoso é de fato um homem feminista. Não sei se conheço outros héteros com esse nível de consciência. Credita sua mudança integralmente à Graziella Moretto, a atriz maravilhosa com quem é casado [ Ver Os Normais] . Ele é muito interessante. Contou que cresceu em família rica, com muitos empregados. Mas seu pai era de esquerda (sic). Garoto, gritou do sofá, para a empregada: "Traz um suco de laranjaaaaaa!". O pai deu um empurrão nele, ele tinha sim é que levantar, pegar o suco e oferecer à ela. Isso faz a diferença. Extremamente sincero. Gosto de quem tem sua própria opinião sobre as coisas. O Pedro Cardoso é um homem em construção, parabéns pra Graziella.



No Fábio Porchart ele ajoelhou para pedir emprego à Record. Realmente o Brasil não está em seu melhor momento.