Laerte, meu amor.








foto








Parte 1

Nunca sei o que se pode e o que não pode falar na internet. Digo só o que penso, sou a mesma pessoas na rede social e fora. A gente sabe que nem todo mundo é a mesma pessoa. Então as opiniões aqui expressas (ui!) podem dar de encontro ao discurso certo; 


como divulgou o Dimenstein, as opiniões são da minha inteira responsabilidade. O comunicado caiu super mal, e foi piorando. Ele editou o post depois. A primeira coisa que as pessoas fazem é dar print. Ele incluiu que ganhou muitos prêmios, ficou pathetic.



No dia que o Fidel morreu, crucificaram a Laerte. Não admito que falem isso da Laerte. Porque ela é apenas maravilhosa. Acho estranho falar no feminino, mas é assim que ela usa. Porque, no calor da paixão, deu uma bronca no Iturrusgarai, que teria feito uma charge imprópria. Várias pessoas falaram mal dele no Facebook. Que "ele virou uma tia velha". É esse termo que eu mais odeio, porque ele apenas é. Não virou nada. O próprio preconceito a pessoa não enxerga.





‏@LaerteCoutinho1  Nov 27
@adaoiturrusgarai - desculpe, pisei.