via








Hoje reencontrei Flávio C., quer dizer, reencontrei é o modo de dizer, porque ele não lembrava de mim :D Não esperava que lembrasse de mim, mas de uma sessão de fotos em que eu estava presente, há 30 anos.


:S


Um minuto: contei aqui que conversei com BBrown, conservador, apesar das tatuagens, da profissão etc. Achei que daquele mato não sairia coelho. Somos todos da mesma geração. Ele tem cara de 47. Grrr. No entanto saiu coelho sim.



Conversamos, enquanto ele cantava músicas lindas. O cara tem uns pensamentos incríveis. Me sinto como se eu fosse uma equivocada. Reparo que sou uma pessoa atrasada. Com FlávioC. não foi diferente. Só que mais barra pesada. Senti toda a minha ignorância. Os dois têm um pensamento conservador. Falou de vários autores geniais que eu nunca li, fez eu sentir vergonha das minhas posições políticas (que não mudou, continuo preferindo político ruim do que pior), tinha embasamento, conhece os filósofos. As pessoas que sabem filosofia merecem tanto o meu respeito --------- a ponto de eu achar que são superiores.  







Talvez eu seja influenciável.


(cont.)