Aurora










Clarinha quer adotar um gato adulto ou idoso. Foi a um abrigo.

Ela conta, por wpp:


"Os gatinhos de abrigo, cara, é muito problema, mãe. Tipo assim, eles falam que o gato é deles pra sempre, não é seu, eles estão te emprestando o gato, e aí você tem que pagar uma taxa todo ano e eles têm que ver se o gato está bem, sim, daí tudo bem, sabe. Só que é muito, muito chato. Agora estou procurando gatos de pessoas que estão doando. Porque não existe gato de rua aqui, né. Só que eu e o Alain fomos ver um gato sexta-feira, e o gato é médio e todo preto. Só que ele não aparece como está na foto, devem ter botado photoshop. Ele é muitooo obeso, muito obeso. É três vezes a Laura [gata bem gordinha que tivemos], mas chega a ser um nível de obeso que não parece um gato. Era demais. Daí a gente não vai ficar com o gato. E ele tem um dente que eu nunca vi, tipo aqueles gatos de antigamente que estão extintos? O dente dele saía pra fora, quase até o chão, nunca vi nada igual. Eu achei muito. Ele tem dez anos. Mas eu não me apeguei muito ao gato. Então a gente está procurando outro."

Ahahaha. Que saudade!