O piano e o violão do Tom Jobim / reprodução









Fui enviar um convite para uma amiga, através da dm do Instagram. Me bloqueou. Nos conhecemos por causa do bloWg, e logo passamos pra a vida real. Morávamos no mesmo bairro, e era sempre bom encontrá-la. Beber café, brechó, Braseiro comer pão com molho campanha, aulas de filosofia juntas. Nunca brigamos, nem um leve desentendimento. A gente trocava confidências, a gente ria. Ela me ensinava Nietszche. Não sei porque deixou de ser minha amiga. Aliás, sei, mas foge ao meu controle. Ela é sensível, culta, bom caráter. Mas coisas são assim. Que ela seja sempre muito feliz, é o que eu desejo de verdade.






 E como diz minha filha, diante de situações desse tipo: vida que segue.