set












Depois de bastante tempo, domingo Costanza baixou. Andando para o lado errado da Lagoa, temporal, esqueci guarda-chuva, a camisa grudada no corpo tornando-se transparente, seguro a bolsa com as duas mãos, encostada no peito, o cabelo escorrendo, arrebenta a alça da sacola de revistas. Fico relativamente calma. "Estou chegando, que bom, estou chegando" - penso, o edifício Garça lá longe. Camila me deu joia preciosa - ensinamentos de milhões de anos. Minha tia vai fazer noventa e o que mais deseja é: morrer. Porém ontem estava animada. Encontrou um objetivo para querer estar viva: o julgamento do Lula.




Next!