Sobre ontem  Atravessei a Avenida Presidente Vargas doze vezes. Levei o endereço da gráfica errada. Depois de andar horas sem rumo, percebo que perdi a pasta com os originais. Precisava procurar em todos os lugares por onde passei, mas não sabia onde ficava nenhum. Não olho o nome das ruas. Finalmente subo uma escada, pra ver se obtenho uma pista. A moça diz: "Você deixou suas coisas aqui". Subo aos céus. "Nós abrimos. É tão bonito que só poderia ser importante". O homem de chapéu: "Bonito demais. Eu ia fotografar para ter no celular". Fico tão feliz. Provavelmente não sabem quem é Nina Simone, Kate Moss, nem Sylvia Plath. O elogio mais bacana que recebi. "Que bom que esqueci aqui!". "Tava caída na escada"- diz a moça. Mal posso acreditar, tenho mão furada.


Uma vez, esperando o trem bala na estação, em Tóquio. Na hora de embarcar não havia tíquete nenhum na minha mão ----------- コメント    ディスプレイ






















natureza viva janeiro 2015