As agruras de marina

A advogada disse que custava mais ou menos 3 mil reais o juiz  mandar inspecionar o relógio da Light, pra ver se roubaram energia "de dezembro de 2015 à junho de 2017". Nem acredito que tenho todos os boletos necessários. Depois, indo pra casa, joguei na mega sena. Se eu tivesse 3 mil eu casava e comprava uma bicicleta. Três mil para abrir um relógio de luz? 


Vale, vale tudo
Vale o que quiser
Vale o que vier 


Vou à defensoria pública. Estou de camisa azul bic, calça preta mole, da Zara, e havaianas. As pessoas vestem roupas bem mais simples. Uma delas está sem água a vinte dias, e a Cedae mandou boleto de julho: 250,00. Cedae pior serviço. Mesmo assim ela sorri; eu estaria fuzilando tudo. 


O fato do Lula ser condenado é um terrível atraso para o país. Em alguns bairros queimaram fogos. Um artista plástico legal, do tempo que os blogues abafavam, colocou uma foto no Instagram, sacudindo champanhe caro, às gargalhadas: "Molusco foi preso". Tipo o Rei do camarote. Dei block. 
Os pobres não têm vez no país, ninguém quer saber de mapa da fome, bolsa família, ascensão das classes sociais. Quem  compartilha a ideia do governo atual é perverso. 

Começo a explicar da garota da Defensoria, maravilhosa, maior sorte funcionário simpático, novíssima. No final, eu disse "Obrigada, Obrigada! Que você encontre o amor da sua vida!". Ela levanta os olhos pro céu e suspira: "Amém". Lembrei que era incorreto. "Mas primeiro a vida profissional, que seja ótima". Falou que eu não precisava me explicar a história da Light, é trivial, toda hora chega uma reclamação. Então ela (deletado)