Golpista



Fui no Hortifruti, precisva de salsinha pra temperar um queijo, mas é salsa que não acaba mais -

----------criem por favor, uma linha chamada Morar sozinho, porque a maior parte das coisas é embalada em grande quantidade,e acabo desistindo. Outro dia deveria ter congelado a que comprei, mas acabei esquecendo-------------

Daí arranquei uns 3 galhinhos e fui em frente. Caixa.

- Olha, essas salsinhas foi o gerente, não sei se é gerente, um funcionário que me deu. Porque preciso de pouca.
- ...
- Mas não tem problema, se não puder.
- Vou só chamar o fiscal pra ele dar ok
~adrenalina~
- Mas eu não vou dizer de forma nenhuma quem me deu.
- Tudo bem.
O fiscal olha, ela explica. e ele diz que tudo bem.

Amo enganar supermercado. Mas no troco nunca. Acaba sobrando pra quem trabalha no caixa.



Me defende, Paulo!




@paulocandido Eu amo de paixão essa confusão entre o pessoal e o social, que iguala colar na prova e comprar DVDpirata com manter milhões de dólares em contas secretas e desviar dezenas de milhões de dólares para políticos e funcionários de estatais. É o mesmo pensamento que coloca a culpa pelas epidemias de dengue no vasos da Dona Maria e a culpa pela falta d'água nos banho longos do Seu Antônio.

E é o pensamento que serve para mascarar a estrutura fundamentalmente corrupta da República pós-ditadura.







foto steve meisel