Conheço todos os moradores da casa quintal-com-quintal da minha. Eu ouço a parte de serviço, e a cozinha. Não que eu queira. Por exemplo, agora estou na sala, longe. Pois ouço tudo. (Pooooorra, me deixa em paaaazz). Eles falam muito alto. Uma família bem louca. Sei o nome de todos: pai, mãe, filho jovem, filha, e filho da filha. É uma casa de 3 andares, horrível. Pensa em uma casa horrível. Não sou como aquelas pessoas que acham que todas as pessoas são bipolares. Não sou mesmo. Mas o cara é, ctz. O pai e a filha. Homem bipolar é muito agressivo, por causa da testosterona. É uma brigalhada, demorei a saber o nome da mulher, porque ele só fala: "Sua idiota,". Não sei se pode ser chamado de relacionamento abusivo o modo que ele a trata, porque ela dá o troco. Ela quase sempre revida nos mesmos moldes. "Você é uma idiota" Uma idiota!" Ele a chama de idiota em momentos cotidianos. Exemplo: "Sua idiota, você é uma idiota, só pensa em ir ao supermercado. Uma idiota mesmo". O assunto das briga é sempre trivial. Que doideira viver assim.


O cara é meio assim. Se ler isso, talvez eu morra.
@gb65